Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos vence e abre vantagem para chegar à decisão da Libertadores


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

26/05/2011 | 00:14


"Podíamos ter feito mais." Assim resumiu o atacante Neymar ao comentar o placar magro (1 a 0) do Santos diante do Cerro Porteño, nesta quarta-feira à noite, no Pacaembu, na primeira partida das semifinais da Libertadores. O Peixe fica na dependência de um empate na quarta-feira, em Assunção, para decidir o título. A outra semifinal será realizada nesta quinta-feira, às 22h, entre Velez Sarsfield (Argentina) e Peñarol (Uruguai).

O Cerro Porteño tem o direito de decidir a classificação em casa porque terminou na liderança do Grupo 5, o mesmo do Santos.

A partida foi truncada nos primeiros minutos, com forte marcação dos dois lados. Embora tecnicamente inferiores, os paraguaios conseguiram equilibrar o confronto, mas depois prevaleceu a técnica santista.

O time criou duas boas chances antes de chegar ao gol, uma delas ao 34 minutos. Durval tocou para Zé Love, mas, livre de marcação, o atacante isolou pelo alto.

Aos 43, Neymar fez jogada individual pela esquerda e cruzou na área. Edu Dracena testou no canto e abriu o placar (1 a 0).

Um minuto depois, o Cerro quase empatou. Após cobrança de falta de Julio dos Santos, Benítez cabeceou e Rafael defendeu com o pé direito.

Na etapa final, os visitantes até ensaiaram pressão nos primeiros minutos, mas faltou qualidade e o Cerro parou no cerco santista. Assim, o Peixe teve mais espaços para sair em velocidade, só que também não levava perigo porque os paraguaios se recompunham rapidamente na defesa.

Aos 16, o Alvinegro quase fez o segundo. Elano cruzou da direita, Zé Love chegou atrasado e a bola saiu. Minutos depois, o atacante foi substituído por Maikon Leite e deixou o campo vaiado.

O Santos ainda teve duas boas oportunidades para ampliar. Aos 26 minutos, em chute de Neymar que Barreto desviou a escanteio, e aos 47, em toque fraco de Alan Patrick, na pequena área, que o goleiro paraguaio defendeu em dois lances.

 

Borges faz exames médicos e assina hoje vínculo de dois anos

Após fazer exames médicos nesta quarta-feira, o atacante Borges, 30 anos, deve assinar nesta quinta contrato de dois anos. O jogador passou pelo CT Rei Pelé, conheceu as instalações, funcionários e novos colegas de time.

O jogador estava no Grêmio, pelo qual atuou em 58 jogos e fez 31 gols. "Tive passagem muito boa no clube. Deixo grandes amigos. Saio de um grande para jogar em outra grande equipe do País, onde também terei grandes desafios", disse Borges.

No Santos, o atacante reencontrará o técnico Muricy Ramalho, com quem trabalhou no São Caetano (2004) e no São Paulo (de 2007 a 2009).

Muricy elogiou o jogador. "É um cara que põe a bola para dentro e tem muita força na área. Conhece o ofício do centroavante. É uma contratação que vai virar gol", afirmou.

DE SAÍDA

O meia Jean Chera, 16, acertou contrato com o Genoa, que defenderá pelas próximas três temporadas. A negociação com os italianos revoltou o Santos, que criticou o pai do jovem, Celso Chera, por retirar o atleta do clube. Jean atuará com Zé Eduardo. (das Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;