Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

MST pode ter de devolver crédito de assentamentos


Do Diário do Grande ABC

15/05/2000 | 12:42


O presidente do Instituto Nacional de Colonizaçao e Reforma Agrária(Incra), Francisco Orlando Costa Muniz, afirmou, nesta segunda-feira, no Ministério da Justiça, que caso for comprovado que o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) cobra um percentual sobre as verbas destinadas aos assentamentos, os responsáveis terao que devolver o dinheiro, além de responderem a processo.

"Havendo esta cobrança, em sendo recursos objeto da subvençao que o Governo Federal disponibiliza aos assentamentos, com certeza nós entraremos com os processos para restituiçao dos valores. Qualquer pessoa pode dar a contribuiçao que quiser, desde que nao seja recursos públicos", disse.

Em decorrência das denúncias que envolvem o MST, o governo decidiu suspender por dez dias a partir desta segunda a liberaçao de crédito para o assentamento de produtores rurais em todo o país.

O montante suspenso será da ordem de R$ 25 milhoes. O valor equivale a 5% dos R$ 500 milhoes que o governo destinará ao assentamento de produtores no período de janeiro de 1999 a julho deste ano. Em 1998, o governo destinou R$ 300 milhoes de crédito para o assentamento de produtores. Para o próximo ano, o governo prevê R$ 600 milhoes.

Com informaçoes da Agência Brasil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MST pode ter de devolver crédito de assentamentos

Do Diário do Grande ABC

15/05/2000 | 12:42


O presidente do Instituto Nacional de Colonizaçao e Reforma Agrária(Incra), Francisco Orlando Costa Muniz, afirmou, nesta segunda-feira, no Ministério da Justiça, que caso for comprovado que o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) cobra um percentual sobre as verbas destinadas aos assentamentos, os responsáveis terao que devolver o dinheiro, além de responderem a processo.

"Havendo esta cobrança, em sendo recursos objeto da subvençao que o Governo Federal disponibiliza aos assentamentos, com certeza nós entraremos com os processos para restituiçao dos valores. Qualquer pessoa pode dar a contribuiçao que quiser, desde que nao seja recursos públicos", disse.

Em decorrência das denúncias que envolvem o MST, o governo decidiu suspender por dez dias a partir desta segunda a liberaçao de crédito para o assentamento de produtores rurais em todo o país.

O montante suspenso será da ordem de R$ 25 milhoes. O valor equivale a 5% dos R$ 500 milhoes que o governo destinará ao assentamento de produtores no período de janeiro de 1999 a julho deste ano. Em 1998, o governo destinou R$ 300 milhoes de crédito para o assentamento de produtores. Para o próximo ano, o governo prevê R$ 600 milhoes.

Com informaçoes da Agência Brasil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;