Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Filha mata mãe e simula assalto em Minas Gerais


Do Diário OnLine
Com Agências

20/09/2004 | 11:45


Uma garota de 16 anos estrangulou a própria mãe, aposentada de 52 anos, com um fio elétrico em Ibirité, Belo Horizonte (Minas Gerais) no último sábado. A garota teve a ajuda do namorado de 25 anos e de outro casal, uma menina de 15 anos e um rapaz de 26, que cometeram o crime para roubar uma televisão de 5 polegadas, uma bolsa com dinheiro e peças de roupa.

O sargento Agnaldo Ferreira, da 16ª Companhia Independente de Ibirité, informou que depois de morta a vítima foi enrolada em um tapete para simular um assalto. No domingo a garota voltou para casa e acionou a Polícia Militar.

Segundo o policial, o corpo da vítima, identificada como Maria Cinésia Severino da Silva, estava caído na sala. Segundo o sargento, à medida que foi conversando com a garota, ela foi entrando em contradição e apresentando versões diferentes sobre o incidente.

A menina chegou a indicar um ex-namorado como o assassino da mãe. O rapaz foi localizado pela polícia e provou que não tinha envolvimento no caso. No fim a garota confessou o crime.

Os quatro acusados foram levados para o 4º Distrito Policial em Betim, para serem ouvidos pelo delegado de plantão, onde ficarão presos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Filha mata mãe e simula assalto em Minas Gerais

Do Diário OnLine
Com Agências

20/09/2004 | 11:45


Uma garota de 16 anos estrangulou a própria mãe, aposentada de 52 anos, com um fio elétrico em Ibirité, Belo Horizonte (Minas Gerais) no último sábado. A garota teve a ajuda do namorado de 25 anos e de outro casal, uma menina de 15 anos e um rapaz de 26, que cometeram o crime para roubar uma televisão de 5 polegadas, uma bolsa com dinheiro e peças de roupa.

O sargento Agnaldo Ferreira, da 16ª Companhia Independente de Ibirité, informou que depois de morta a vítima foi enrolada em um tapete para simular um assalto. No domingo a garota voltou para casa e acionou a Polícia Militar.

Segundo o policial, o corpo da vítima, identificada como Maria Cinésia Severino da Silva, estava caído na sala. Segundo o sargento, à medida que foi conversando com a garota, ela foi entrando em contradição e apresentando versões diferentes sobre o incidente.

A menina chegou a indicar um ex-namorado como o assassino da mãe. O rapaz foi localizado pela polícia e provou que não tinha envolvimento no caso. No fim a garota confessou o crime.

Os quatro acusados foram levados para o 4º Distrito Policial em Betim, para serem ouvidos pelo delegado de plantão, onde ficarão presos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;