Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Exército colombiano apreende 2,5 toneladas de cocaína das FARC


Da AFP

14/06/2006 | 17:37


O Exército colombiano anunciou nesta quarta-feira o confisco de 2,5 toneladas de cocaína das FARC, durante uma ofensiva contra essa guerrilha na costa do Pacífico, na qual foram destruídos seis acampamentos e um centro de treinamento do grupo rebelde.

A droga foi encontrada numa aldeia do porto de Tumaco, na margem do rio Mira, por tropas de uma brigada antinarcóticos que executa a operação 'Tifón II' contra um comando das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC, marxistas).

Segundo um comunicado do Exército, o carregamento pertencia aos rebeldes e vale 43 bilhões de pesos (17,2 milhões de dólares).

O comando militar indicou que foram destruídos seis acampamentos, um centro de treinamento, uma oficina para fabricar armas e explosivos, maquinaria, um hospital de campanha e 12 complexos de produção de cocaína com toneladas de insumos.

Além das FARC, em Tumaco (500 km ao sudoeste de Bogotá, no departamento de Nariño) operam grupos paramilitares de ultradireita e traficantes de droga, segundo as autoridades e ativistas humanitários.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exército colombiano apreende 2,5 toneladas de cocaína das FARC

Da AFP

14/06/2006 | 17:37


O Exército colombiano anunciou nesta quarta-feira o confisco de 2,5 toneladas de cocaína das FARC, durante uma ofensiva contra essa guerrilha na costa do Pacífico, na qual foram destruídos seis acampamentos e um centro de treinamento do grupo rebelde.

A droga foi encontrada numa aldeia do porto de Tumaco, na margem do rio Mira, por tropas de uma brigada antinarcóticos que executa a operação 'Tifón II' contra um comando das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC, marxistas).

Segundo um comunicado do Exército, o carregamento pertencia aos rebeldes e vale 43 bilhões de pesos (17,2 milhões de dólares).

O comando militar indicou que foram destruídos seis acampamentos, um centro de treinamento, uma oficina para fabricar armas e explosivos, maquinaria, um hospital de campanha e 12 complexos de produção de cocaína com toneladas de insumos.

Além das FARC, em Tumaco (500 km ao sudoeste de Bogotá, no departamento de Nariño) operam grupos paramilitares de ultradireita e traficantes de droga, segundo as autoridades e ativistas humanitários.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;