Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Seqüestradores de Diniz podem fazer nova greve de fome


Do Diário do Grande ABC

21/06/1999 | 11:43


Dois dos oito seqüestradores do empresário Abílio Diniz vao decidir nesta segunda-feira se realizam ou nao uma nova greve de fome. Os irmaos argentinos Humberto e Horácio Paiva, que estao presos no Centro de Observaçao Criminológica do Complexo do Carandiru, em Sao Paulo, exigem a transferência para seu país de origem, como aconteceu com outros integrantes do grupo.

A decisao sobre a greve de fome deve ser tomada após uma reuniao que os presos terao com membros da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), do grupo "Tortura Nunca Mais" e representantes do governo de Sao Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Seqüestradores de Diniz podem fazer nova greve de fome

Do Diário do Grande ABC

21/06/1999 | 11:43


Dois dos oito seqüestradores do empresário Abílio Diniz vao decidir nesta segunda-feira se realizam ou nao uma nova greve de fome. Os irmaos argentinos Humberto e Horácio Paiva, que estao presos no Centro de Observaçao Criminológica do Complexo do Carandiru, em Sao Paulo, exigem a transferência para seu país de origem, como aconteceu com outros integrantes do grupo.

A decisao sobre a greve de fome deve ser tomada após uma reuniao que os presos terao com membros da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), do grupo "Tortura Nunca Mais" e representantes do governo de Sao Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;