Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Edano será ministro da Indústria e Comércio do Japão



12/09/2011 | 01:15


O ex-porta-voz do governo japonês, Yukio Edano, será nomeado o novo ministro da Indústria e Comércio do Japão, informou a rede de TV "NHK" nesta segunda-feira, depois de Yoshio Hachiro ter renunciado no sábado, após a polêmica causada em virtude dos comentários que fez a respeito do desastre nuclear ocorrido em março.

Edano foi o "rosto oficial" do governo japonês no rescaldo da crise, após o terremoto e tsunami que causaram um desastre nuclear em 11 de março na usina de Fukushima. Seu empenho para manter a população informada durante a crise fortaleceu sua aprovação entre os japoneses.

O atual chefe de Gabinete, Osamu Fujimura, disse que o primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, anunciará na tarde desta segunda-feira o nome de Edano para o ministério da Indústria e Comércio, levando-se em conta também sua experiência em indústrias nucleares.

Hachiro tornou-se a primeira vítima da administração Noda após chamar as áreas afetadas pelo acidente nuclear, ao redor da usina nuclear de Fukushima, como "cidade da morte", na sexta-feira, e brincar com os jornalistas sobre a radiação no local. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Edano será ministro da Indústria e Comércio do Japão


12/09/2011 | 01:15


O ex-porta-voz do governo japonês, Yukio Edano, será nomeado o novo ministro da Indústria e Comércio do Japão, informou a rede de TV "NHK" nesta segunda-feira, depois de Yoshio Hachiro ter renunciado no sábado, após a polêmica causada em virtude dos comentários que fez a respeito do desastre nuclear ocorrido em março.

Edano foi o "rosto oficial" do governo japonês no rescaldo da crise, após o terremoto e tsunami que causaram um desastre nuclear em 11 de março na usina de Fukushima. Seu empenho para manter a população informada durante a crise fortaleceu sua aprovação entre os japoneses.

O atual chefe de Gabinete, Osamu Fujimura, disse que o primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, anunciará na tarde desta segunda-feira o nome de Edano para o ministério da Indústria e Comércio, levando-se em conta também sua experiência em indústrias nucleares.

Hachiro tornou-se a primeira vítima da administração Noda após chamar as áreas afetadas pelo acidente nuclear, ao redor da usina nuclear de Fukushima, como "cidade da morte", na sexta-feira, e brincar com os jornalistas sobre a radiação no local. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;