Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Alemaes protestam contra abertura em feriado


Do Diário do Grande ABC

01/06/2000 | 12:37


Centenas de pessoas realizaram uma manifestaçao em frente ao prédio da Bolsa de Frankfurt, para protestar contra a abertura, sem precedente, do pregao em um feriado. Nesta quinta, celebra-se o Dia da Ascensao, um feriado religioso que ocorre 40 dias após a Páscoa em comemoraçao à ascensao de Cristo ao céu.

Sindicalistas e representantes da Igreja alema condenaram a abertura da Bolsa, argumentando que a instituiçao sacrificava um feriado, que mantinha o comércio fechado no país, pelo "altar do lucro".

"Ainda há algo sagrado na nossa sociedade?", questionava Karl Lehmann, chefe do Colegiado de Bispos da Igreja Católica Alema.

A Bolsa de Frankfurt também decidiu que vai funcionar nos dias 12 de junho, quando é celebrado o Dia de Pentecostes, festa católica que comemora a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos; no dia 22 de junho, celebraçao de Corpus Christi; e no dia 3 de outubro, data em que se comemora a Unificaçao Alema.

Paralelamente, a direçao da Bolsa de Frankfurt ampliará, a partir desta sexta, seu horário de funcionamento em 2 horas e meia para atrair pequenos investidores que só podem dar ordens de compra e venda após o expediente. A Bolsa fechará às 15h (de Brasília).

A polícia afirmou que o protesto realizado no distrito financeiro de Frankfurt foi pacífico.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alemaes protestam contra abertura em feriado

Do Diário do Grande ABC

01/06/2000 | 12:37


Centenas de pessoas realizaram uma manifestaçao em frente ao prédio da Bolsa de Frankfurt, para protestar contra a abertura, sem precedente, do pregao em um feriado. Nesta quinta, celebra-se o Dia da Ascensao, um feriado religioso que ocorre 40 dias após a Páscoa em comemoraçao à ascensao de Cristo ao céu.

Sindicalistas e representantes da Igreja alema condenaram a abertura da Bolsa, argumentando que a instituiçao sacrificava um feriado, que mantinha o comércio fechado no país, pelo "altar do lucro".

"Ainda há algo sagrado na nossa sociedade?", questionava Karl Lehmann, chefe do Colegiado de Bispos da Igreja Católica Alema.

A Bolsa de Frankfurt também decidiu que vai funcionar nos dias 12 de junho, quando é celebrado o Dia de Pentecostes, festa católica que comemora a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos; no dia 22 de junho, celebraçao de Corpus Christi; e no dia 3 de outubro, data em que se comemora a Unificaçao Alema.

Paralelamente, a direçao da Bolsa de Frankfurt ampliará, a partir desta sexta, seu horário de funcionamento em 2 horas e meia para atrair pequenos investidores que só podem dar ordens de compra e venda após o expediente. A Bolsa fechará às 15h (de Brasília).

A polícia afirmou que o protesto realizado no distrito financeiro de Frankfurt foi pacífico.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;