Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras surpreende e goleia o Sport Boys


Tatiana Freitas
Do Diário OnLine

15/03/2001 | 00:32


O Palmeiras ignorou a crise e goleou o Sport Boys, do Peru, na noite desta quarta-feira em partida pela Taça Libertadores da América. O time do Palestra Itália venceu o jogo por 4 a 1, na casa do adversário, alcançando, assim, a liderança de seu grupo na competição.

Antes de embarcar para Lima, os jogadores e até mesmo o técnico Celso Roth já se justificavam pela atuação da partida contra o Sport, dizendo que o empate seria um ótimo resultado para o jogo desta quarta. A equipe, que vinha de uma derrota por 3 a 0 contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista, demonstrou desânimo e falta de confiança no início da semana. No entanto, os jogadores surpreenderam a todos - e talvez até a eles mesmos - com o bom resultado.

O Palmeiras, tímido no início do jogo, demorou um pouco para se soltar na partida e o primeiro grande lance de perigo partiu da equipe da casa. Aos 14 minutos, o goleiro Marcos fez ótima defesa num belo chute de longa distância de Silveira. Um minuto depois, o Sport Boys assustou novamente, mas Marcos voltou a garantir o gol palmeirense.

Aos poucos, o Palmeiras começou a encontrar mais facilidade para tocar a bola e chegar ao gol adversário. O lateral Felipe, que fez ótima partida, deu um bom passe para Tuta, aos 24 minutos. O atacante dominou a bola dentro da grande área, tirou de dois zagueiros, e marcou um bonito gol, abrindo o placar do jogo.

Cinco minutos depois, Fernando dominou na linha de fundo e cruzou para o meio. O meia Alex, sem marcação, não perdoou e marcou o segundo para o Palmeiras.

A partir daí, o domínio palmeirense foi total. O time do Sport Boys se anulou em campo, dando muito espaço para a equipe brasileira. Aos 35, Tuta recebeu de Alex na entrada da área e chutou de bico, criando mais uma chance, desperdiçada com um chute para fora.

Ainda no primeiro tempo, Felipe, que jogou livre toda a partida, fez mais um bom cruzamento para Tuta. O atacante, então, apenas completou para o gol, ignorando a marcação peruana.

O segundo tempo começou com um bom lance do Sport Boys. Tempone chutou forte, de longa distância, levando perigo ao gol de Marcos. Já o Palmeiras, um minuto depois, fez mais um. Felipe mais uma vez cruza para dentro da área na cabeça de Lopes, que marca o quarto para o time de Celso Roth.

Durante boa parte da segunda etapa o Palmeiras ainda continuou pressionando, mas, com o placar garantido, diminuiu o ritmo e alguns titulares começaram a sair. O jogo começou a ficar mais equilibrado. Aos 10 minutos, Fernández chutou para fora num lance perigoso. Aos 25, Lopes arrancou sozinho e tentou encobrir o goleiro do Sport Boys, mas não foi feliz.

Cinco minutos mais tarde, os peruanos marcaram o gol de honra. O atacante Asprilla - vale lembrar que não é o mesmo do Fluminense - recebeu de trás na entrada da área e a defesa palmeirense parou para pedir o seu impedimento. O atacante, em condições normais, tirou de Marcos e chutou para o gol.

No final do jogo, o time do Peru ainda tentou diminuir o placar, mas a superioridade brasileira permaneceu.

Com a vitória, o Palmeiras chegou a seis pontos e alcançou o Cerro Porteño, do Paraguai, na liderança do grupo A .



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palmeiras surpreende e goleia o Sport Boys

Tatiana Freitas
Do Diário OnLine

15/03/2001 | 00:32


O Palmeiras ignorou a crise e goleou o Sport Boys, do Peru, na noite desta quarta-feira em partida pela Taça Libertadores da América. O time do Palestra Itália venceu o jogo por 4 a 1, na casa do adversário, alcançando, assim, a liderança de seu grupo na competição.

Antes de embarcar para Lima, os jogadores e até mesmo o técnico Celso Roth já se justificavam pela atuação da partida contra o Sport, dizendo que o empate seria um ótimo resultado para o jogo desta quarta. A equipe, que vinha de uma derrota por 3 a 0 contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista, demonstrou desânimo e falta de confiança no início da semana. No entanto, os jogadores surpreenderam a todos - e talvez até a eles mesmos - com o bom resultado.

O Palmeiras, tímido no início do jogo, demorou um pouco para se soltar na partida e o primeiro grande lance de perigo partiu da equipe da casa. Aos 14 minutos, o goleiro Marcos fez ótima defesa num belo chute de longa distância de Silveira. Um minuto depois, o Sport Boys assustou novamente, mas Marcos voltou a garantir o gol palmeirense.

Aos poucos, o Palmeiras começou a encontrar mais facilidade para tocar a bola e chegar ao gol adversário. O lateral Felipe, que fez ótima partida, deu um bom passe para Tuta, aos 24 minutos. O atacante dominou a bola dentro da grande área, tirou de dois zagueiros, e marcou um bonito gol, abrindo o placar do jogo.

Cinco minutos depois, Fernando dominou na linha de fundo e cruzou para o meio. O meia Alex, sem marcação, não perdoou e marcou o segundo para o Palmeiras.

A partir daí, o domínio palmeirense foi total. O time do Sport Boys se anulou em campo, dando muito espaço para a equipe brasileira. Aos 35, Tuta recebeu de Alex na entrada da área e chutou de bico, criando mais uma chance, desperdiçada com um chute para fora.

Ainda no primeiro tempo, Felipe, que jogou livre toda a partida, fez mais um bom cruzamento para Tuta. O atacante, então, apenas completou para o gol, ignorando a marcação peruana.

O segundo tempo começou com um bom lance do Sport Boys. Tempone chutou forte, de longa distância, levando perigo ao gol de Marcos. Já o Palmeiras, um minuto depois, fez mais um. Felipe mais uma vez cruza para dentro da área na cabeça de Lopes, que marca o quarto para o time de Celso Roth.

Durante boa parte da segunda etapa o Palmeiras ainda continuou pressionando, mas, com o placar garantido, diminuiu o ritmo e alguns titulares começaram a sair. O jogo começou a ficar mais equilibrado. Aos 10 minutos, Fernández chutou para fora num lance perigoso. Aos 25, Lopes arrancou sozinho e tentou encobrir o goleiro do Sport Boys, mas não foi feliz.

Cinco minutos mais tarde, os peruanos marcaram o gol de honra. O atacante Asprilla - vale lembrar que não é o mesmo do Fluminense - recebeu de trás na entrada da área e a defesa palmeirense parou para pedir o seu impedimento. O atacante, em condições normais, tirou de Marcos e chutou para o gol.

No final do jogo, o time do Peru ainda tentou diminuir o placar, mas a superioridade brasileira permaneceu.

Com a vitória, o Palmeiras chegou a seis pontos e alcançou o Cerro Porteño, do Paraguai, na liderança do grupo A .

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;