Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Roma aumenta segurança para receber reunião da Otan


Do Diário OnLine
Com Agências

27/05/2002 | 10:55


O governo da Itália aumentou a segurança na cidade de Roma e nas suas redondezas para receber a reunião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). O evento acontecerá nesta terça-feira.

Cerca de 15 mil soldados serão deslocados para o aeroporto e portos da capital italiana. Os policiais desviaram o trânsito e verificaram a rede de esgotos para evitar a realização de um atentado.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, chegará à capital italiana nesta segunda-feira. O presidente da França, Jacques Chirac, e o primeiro-ministro da Inglaterra, Tony Blair, chegarão na terça-feira.

O chefe do governo italiano, Sílvio Berlusconi, afirmou que a realização da cúpula é um êxito diplomático de sua administração.

Berlusconi assegurou que tem sido constantemente informado por George Bush e o presidente russo, Vladimir Putin, sobre os progressos de suas conversações a respeito do desarmamento e a aproximação entre Moscou e a Aliança.

O presidente do Conselho afirma, inclusive, gozar da confiança de ambos dirigentes. "Sempre recordarei, durante minha visita a Sochi (em 2 de abril), às margens do Mar Negro, de uma conversa telefônica histórica entre Bush e Putin, mas jamais revelarei seu conteúdo", disse à imprensa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Roma aumenta segurança para receber reunião da Otan

Do Diário OnLine
Com Agências

27/05/2002 | 10:55


O governo da Itália aumentou a segurança na cidade de Roma e nas suas redondezas para receber a reunião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). O evento acontecerá nesta terça-feira.

Cerca de 15 mil soldados serão deslocados para o aeroporto e portos da capital italiana. Os policiais desviaram o trânsito e verificaram a rede de esgotos para evitar a realização de um atentado.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, chegará à capital italiana nesta segunda-feira. O presidente da França, Jacques Chirac, e o primeiro-ministro da Inglaterra, Tony Blair, chegarão na terça-feira.

O chefe do governo italiano, Sílvio Berlusconi, afirmou que a realização da cúpula é um êxito diplomático de sua administração.

Berlusconi assegurou que tem sido constantemente informado por George Bush e o presidente russo, Vladimir Putin, sobre os progressos de suas conversações a respeito do desarmamento e a aproximação entre Moscou e a Aliança.

O presidente do Conselho afirma, inclusive, gozar da confiança de ambos dirigentes. "Sempre recordarei, durante minha visita a Sochi (em 2 de abril), às margens do Mar Negro, de uma conversa telefônica histórica entre Bush e Putin, mas jamais revelarei seu conteúdo", disse à imprensa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;