Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Site iraniano publica primeira caricatura sobre Holocausto judeu


Da AFP

13/02/2006 | 10:12


O site da Casa da Caricatura do Irã publicou nesta segunda-feira o primeiro desenho do concurso internacional de caricaturas sobre o Holocausto judeu, convocado em associação com o jornal Hamshari (O povo).

Com o título "Onde está o limite da liberdade de expressão no Ocidente?", no concurso pode concorrer qualquer tipo de caricatura sobre o genocídio sofrido nos campos de extermínio nazistas pelos seis milhões de judeus de toda a Europa durante a Segunda Guerra Mundial.

O site www.irancartoon.ir explica que esta primeira caricatura sobre o Holocausto foi enviada por Michael Leunig, que vive em Melbourne (Austrália), "em solidariedade com o mundo muçulmano e para exercer a liberdade de expressão".

São dois desenhos. No primeiro, intitulado "Auschwitz 1942", se vê um judeu com a estrela de David e um pacote enquanto entra no campo de concentração em cuja porta se pode ler: "Arbeit macht frei" (O trabalho liberta).

A segunda charge, intitulada "Israel 2002", mostra o mesmo judeu com um fuzil nas mãos que se dirige para um campo de batalha, em cuja entrada há uma inscrição que diz "A guerra traz a paz".

"A liberdade de expressão é um pretexto dos ocidentais para insultar as crenças dos muçulmanos", afirmou Hamshari ao explicar o concurso, imaginado como uma resposta à publicação de caricaturas do profeta Maomé na imprensa européia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Site iraniano publica primeira caricatura sobre Holocausto judeu

Da AFP

13/02/2006 | 10:12


O site da Casa da Caricatura do Irã publicou nesta segunda-feira o primeiro desenho do concurso internacional de caricaturas sobre o Holocausto judeu, convocado em associação com o jornal Hamshari (O povo).

Com o título "Onde está o limite da liberdade de expressão no Ocidente?", no concurso pode concorrer qualquer tipo de caricatura sobre o genocídio sofrido nos campos de extermínio nazistas pelos seis milhões de judeus de toda a Europa durante a Segunda Guerra Mundial.

O site www.irancartoon.ir explica que esta primeira caricatura sobre o Holocausto foi enviada por Michael Leunig, que vive em Melbourne (Austrália), "em solidariedade com o mundo muçulmano e para exercer a liberdade de expressão".

São dois desenhos. No primeiro, intitulado "Auschwitz 1942", se vê um judeu com a estrela de David e um pacote enquanto entra no campo de concentração em cuja porta se pode ler: "Arbeit macht frei" (O trabalho liberta).

A segunda charge, intitulada "Israel 2002", mostra o mesmo judeu com um fuzil nas mãos que se dirige para um campo de batalha, em cuja entrada há uma inscrição que diz "A guerra traz a paz".

"A liberdade de expressão é um pretexto dos ocidentais para insultar as crenças dos muçulmanos", afirmou Hamshari ao explicar o concurso, imaginado como uma resposta à publicação de caricaturas do profeta Maomé na imprensa européia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;