Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Papa pede perdao por pecados dos católicos


Do Diário do Grande ABC

12/03/2000 | 16:11


O papa Joao Paulo II pediu neste domingo perdao pelos pecados dos católicos ao longo dos séculos, enfatizando o deplorável tratamento aos judeus e as violaçoes dos direitos dos grupos étnicos. A missa do Dia do Perdao na basílica de Sao Pedro fez parte da campanha do Papa para o exame coletivo de consciência, na iniciaçao do terceiro milênio da Igreja.

O Papa nao assinalou na pregaçao nenhum momento histórico específico e as oraçoes especiais aludiram a opressao em geral. Cinco cardeais do Vaticano e dois bispos representaram a confissao dos pecados, fazendo com que Joao Paulo II respondesse. ``Estamos profundamente sentidos pelo comportamento dos que, no curso da história, provocaram o sofrimento a esses filhos todos, e pedimos o teu perdao, queremos nos comprometer com uma genuína fraternidade'', disse Joao Paulo II, referindo-se a Deus.

O Papa de 79 anos expressou também na pregaçao: ``Pedimos perdao pelas divisoes entre os cristaos, pelo uso da violência que alguns cometeram a serviço da verdade, e pelas atitudes de desconfiança e hostilidade diante de outras religioes''. O Papa também mencionou o comportamento dos católicos acerca do aborto, o maltrato às crianças e ``os abusos da biotecnologia''.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Papa pede perdao por pecados dos católicos

Do Diário do Grande ABC

12/03/2000 | 16:11


O papa Joao Paulo II pediu neste domingo perdao pelos pecados dos católicos ao longo dos séculos, enfatizando o deplorável tratamento aos judeus e as violaçoes dos direitos dos grupos étnicos. A missa do Dia do Perdao na basílica de Sao Pedro fez parte da campanha do Papa para o exame coletivo de consciência, na iniciaçao do terceiro milênio da Igreja.

O Papa nao assinalou na pregaçao nenhum momento histórico específico e as oraçoes especiais aludiram a opressao em geral. Cinco cardeais do Vaticano e dois bispos representaram a confissao dos pecados, fazendo com que Joao Paulo II respondesse. ``Estamos profundamente sentidos pelo comportamento dos que, no curso da história, provocaram o sofrimento a esses filhos todos, e pedimos o teu perdao, queremos nos comprometer com uma genuína fraternidade'', disse Joao Paulo II, referindo-se a Deus.

O Papa de 79 anos expressou também na pregaçao: ``Pedimos perdao pelas divisoes entre os cristaos, pelo uso da violência que alguns cometeram a serviço da verdade, e pelas atitudes de desconfiança e hostilidade diante de outras religioes''. O Papa também mencionou o comportamento dos católicos acerca do aborto, o maltrato às crianças e ``os abusos da biotecnologia''.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;