Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Donisete veta projeto de seu líder de governo no Legislativo


Caio dos Reis
Especial para o Diário

27/05/2015 | 07:00


O prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), teve de vetar e consertar projeto de lei proposto pelo seu líder de governo na Câmara, José Luiz Cassimiro (PT), sobre desconto na passagem de ônibus para professores da rede municipal.

O texto proposto por Cassimiro abria brechas para que todos os docentes que atuem na cidade fossem beneficiados – como professores de cursinho e escolas particulares. Como o artigo já tinha sido aprovado anteriormente, Donisete teve de vetar o projeto de Cassimiro e reencaminhar a proposta com redação exclusiva a funcionários públicos.

“A questão é que o projeto antigo concedia desconto de 50% na passagem para todos os professores de redes públicas, particulares e até mesmo os de cursinhos. Isso estava errado e o melhor foi consertar”, esclareceu o secretário de governo Edílson de Paula.

Cassimiro deixou ontem a sessão sem conversar com a imprensa sobre o caso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Donisete veta projeto de seu líder de governo no Legislativo

Caio dos Reis
Especial para o Diário

27/05/2015 | 07:00


O prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), teve de vetar e consertar projeto de lei proposto pelo seu líder de governo na Câmara, José Luiz Cassimiro (PT), sobre desconto na passagem de ônibus para professores da rede municipal.

O texto proposto por Cassimiro abria brechas para que todos os docentes que atuem na cidade fossem beneficiados – como professores de cursinho e escolas particulares. Como o artigo já tinha sido aprovado anteriormente, Donisete teve de vetar o projeto de Cassimiro e reencaminhar a proposta com redação exclusiva a funcionários públicos.

“A questão é que o projeto antigo concedia desconto de 50% na passagem para todos os professores de redes públicas, particulares e até mesmo os de cursinhos. Isso estava errado e o melhor foi consertar”, esclareceu o secretário de governo Edílson de Paula.

Cassimiro deixou ontem a sessão sem conversar com a imprensa sobre o caso.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;