Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Gretchen anuncia fim da carreira e noivado


Alessandro Soares
Do Diário do Grande ABC

27/05/2001 | 18:55


  Gretchen, a 'rainha do bumbum' e pioneira do rebolado na música popular brasileira, comemora nesta segunda, às 20h30, em São Bernardo, seu aniversário de 42 anos, que estarão completos na terça, e 25 de carreira, a qual pretende encerrar este ano. De quebra, oficializa seu noivado com Márcio Bueno, natural da cidade, que trabalha com licenciamento de marcas para a empresa EUO Promoções e Eventos. O namoro começou há um mês e a troca de alianças será formalizada com um fondue de queijo, a pedido dela, para amigos e convidados, na pizzaria Dom Quixote.

“Foi amor à primeira vista. A partir do momento em que o vi sabia que era o homem da minha vida e não nos separamos mais”, diz Gretchen. Profissionalmente, ela se diz realizada. “Só faltava conhecer Porto Seguro (BA) fazendo shows pelo Brasil. Agora vou conseguir, pois estarei lá em junho”, conta.

Para ela, é seu último ano como artista. “No máximo, paro no meio do ano que vem”. Sua carreira é marcada por hits como Conga, Conga, Conga e Piripiri, que pouco representariam sem seu remelexo traseiro, muito imitado nos últimos anos. “Ter sido pioneira deste movimento na música é importante para mim. É legal ficar só na seriedade, sem cair na baixaria. No começo me incomodava ser ‘rainha do bumbum’, agora não.”

Seu cetro ficará com a filha Thammy, 18 anos, que está no início de carreira. Primeiro, atuou como bailarina nos shows de sua mãe, e agora prepara-se para estrear seu show no Rio e lançar um CD daqui a um mês. “Se me derem o título de ‘herdeira do bumbum’, vou fazer o máximo e o melhor para mantê-lo. Mas não tem como comparar. Gretchen é um mito e eu sou mais uma artista. Ser filha dela é só coincidência”, conta. Nenhum bumbum é igual ao outro, explica Thammy, mas “minha mãe diz que o meu é igual ao dela quando tinha 18 anos e nosso corpo é bem parecido”.

Thammy não estará na festa desta segunda, pois viajará com a banda para o próximo show, mas espera que desta vez sua mãe seja feliz. “É mais uma tentativa dela. Sempre me metia em seus casamentos anteriores mas agora deixo rolar. Sendo certo ou errado, ela terá apoio da família”.

Gretchen abriu uma brecha em sua agenda lotada de shows pelo Nordeste este mês para vir a São Bernardo. Parte desta agenda ela cumpre pelo projeto Texaco Ursa Show, que tem cerca de 40 shows anuais realizados em postos de gasolina pelo país, voltado para caminhoneiros. Show em São Paulo, só no final do ano, em Guarulhos. Atualmente ela vive em Recife.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gretchen anuncia fim da carreira e noivado

Alessandro Soares
Do Diário do Grande ABC

27/05/2001 | 18:55


  Gretchen, a 'rainha do bumbum' e pioneira do rebolado na música popular brasileira, comemora nesta segunda, às 20h30, em São Bernardo, seu aniversário de 42 anos, que estarão completos na terça, e 25 de carreira, a qual pretende encerrar este ano. De quebra, oficializa seu noivado com Márcio Bueno, natural da cidade, que trabalha com licenciamento de marcas para a empresa EUO Promoções e Eventos. O namoro começou há um mês e a troca de alianças será formalizada com um fondue de queijo, a pedido dela, para amigos e convidados, na pizzaria Dom Quixote.

“Foi amor à primeira vista. A partir do momento em que o vi sabia que era o homem da minha vida e não nos separamos mais”, diz Gretchen. Profissionalmente, ela se diz realizada. “Só faltava conhecer Porto Seguro (BA) fazendo shows pelo Brasil. Agora vou conseguir, pois estarei lá em junho”, conta.

Para ela, é seu último ano como artista. “No máximo, paro no meio do ano que vem”. Sua carreira é marcada por hits como Conga, Conga, Conga e Piripiri, que pouco representariam sem seu remelexo traseiro, muito imitado nos últimos anos. “Ter sido pioneira deste movimento na música é importante para mim. É legal ficar só na seriedade, sem cair na baixaria. No começo me incomodava ser ‘rainha do bumbum’, agora não.”

Seu cetro ficará com a filha Thammy, 18 anos, que está no início de carreira. Primeiro, atuou como bailarina nos shows de sua mãe, e agora prepara-se para estrear seu show no Rio e lançar um CD daqui a um mês. “Se me derem o título de ‘herdeira do bumbum’, vou fazer o máximo e o melhor para mantê-lo. Mas não tem como comparar. Gretchen é um mito e eu sou mais uma artista. Ser filha dela é só coincidência”, conta. Nenhum bumbum é igual ao outro, explica Thammy, mas “minha mãe diz que o meu é igual ao dela quando tinha 18 anos e nosso corpo é bem parecido”.

Thammy não estará na festa desta segunda, pois viajará com a banda para o próximo show, mas espera que desta vez sua mãe seja feliz. “É mais uma tentativa dela. Sempre me metia em seus casamentos anteriores mas agora deixo rolar. Sendo certo ou errado, ela terá apoio da família”.

Gretchen abriu uma brecha em sua agenda lotada de shows pelo Nordeste este mês para vir a São Bernardo. Parte desta agenda ela cumpre pelo projeto Texaco Ursa Show, que tem cerca de 40 shows anuais realizados em postos de gasolina pelo país, voltado para caminhoneiros. Show em São Paulo, só no final do ano, em Guarulhos. Atualmente ela vive em Recife.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;