Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Nova Varig contará com apenas 2 mil funcionários do quadro atual


Do Diário OnLine
Com Agências

14/07/2006 | 19:49


A direção da Varig comunicou nesta sexta-feira que a nova empresa, criada após o leilão da companhia marcado para a próxima quarta-feira, contará com até dois mil funcionários, nove mil a menos do que o quadro atual. As informações foram dadas pelo advogado do TGV (Trabalhadores do Grupo Varig), Octávio Neves, que participou da reunião entre credores e representantes da Varig durante a tarde.

Neves também afirmou que a chamada “Varig velha”, parte que ficará com o passivo da empresa, contará com apenas 50 funcionários e uma aeronave. A empresa seria responsável pelo centro de treinamento, a concessão Nordeste, fretamentos e algumas receitas.

Segundo o advogado, ainda está em discussão de onde partirão as verbas para rescisão dos trabalhadores demitidos e como será a redistribuição dos empregos remanescentes na companhia.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nova Varig contará com apenas 2 mil funcionários do quadro atual

Do Diário OnLine
Com Agências

14/07/2006 | 19:49


A direção da Varig comunicou nesta sexta-feira que a nova empresa, criada após o leilão da companhia marcado para a próxima quarta-feira, contará com até dois mil funcionários, nove mil a menos do que o quadro atual. As informações foram dadas pelo advogado do TGV (Trabalhadores do Grupo Varig), Octávio Neves, que participou da reunião entre credores e representantes da Varig durante a tarde.

Neves também afirmou que a chamada “Varig velha”, parte que ficará com o passivo da empresa, contará com apenas 50 funcionários e uma aeronave. A empresa seria responsável pelo centro de treinamento, a concessão Nordeste, fretamentos e algumas receitas.

Segundo o advogado, ainda está em discussão de onde partirão as verbas para rescisão dos trabalhadores demitidos e como será a redistribuição dos empregos remanescentes na companhia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;