Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Moacyr Scliar leva o Prêmio Jabuti



06/11/2009 | 07:00


A paixão em suas formas distintas foi a grande vencedora do Prêmio Jabuti de literatura, cuja entrega ocorreu na noite de anteontem, na Sala São Paulo. "Fui tomado por sensação muito forte quando escrevi essa história", contava Moacyr Scliar sobre o romance Manual da Paixão Solitária (Companhia das Letras), eleito o livro do ano de ficção. Próximo a ele, estava a pesquisadora Marisa Lajolo. "Monteiro Lobato foi um escritor mágico, pois todos gostam de reverenciá-lo e premiá-lo", dizia ela, carregando o troféu do livro do ano de não ficção por Monteiro Lobato: Livro a Livro (Editora Unesp/Imprensa Oficial), organizado por ela e João Luís Ceccantini.

Cada premiado recebeu, além de um troféu dourado, a quantia de R$ 30 mil. Antes, já haviam faturado outro Jabuti (de cor de chumbo) e mais R$ 3.000 por vencerem em suas categorias, romance e livro de teoria ou crítica literária. E ambos já previam os dividendos pela conquista. "O Jabuti tornou-se o Oscar literário do Brasil", comentou Scliar. "Saio daqui convencido de que minha carreira como escritor teve algum sentido."

Autor de uma vasta obra, que compreende 63 títulos entre contos, romances, crônicas, ensaios e ficção infanto-juvenil, Scliar contou que, ao escrever Manual da Paixão Solitária, foi tomado pela força da passagem bíblica, que inspirou sua história.

"Eu só escrevo sobre o que gosto e sobre assunto que vai interessar o leitor, mas, nesse caso, o arrebatamento foi maior, senti-me extremamente motivado", recorda-se o escritor que, leitor assíduo da Bíblia, busca ali fonte para suas histórias.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moacyr Scliar leva o Prêmio Jabuti


06/11/2009 | 07:00


A paixão em suas formas distintas foi a grande vencedora do Prêmio Jabuti de literatura, cuja entrega ocorreu na noite de anteontem, na Sala São Paulo. "Fui tomado por sensação muito forte quando escrevi essa história", contava Moacyr Scliar sobre o romance Manual da Paixão Solitária (Companhia das Letras), eleito o livro do ano de ficção. Próximo a ele, estava a pesquisadora Marisa Lajolo. "Monteiro Lobato foi um escritor mágico, pois todos gostam de reverenciá-lo e premiá-lo", dizia ela, carregando o troféu do livro do ano de não ficção por Monteiro Lobato: Livro a Livro (Editora Unesp/Imprensa Oficial), organizado por ela e João Luís Ceccantini.

Cada premiado recebeu, além de um troféu dourado, a quantia de R$ 30 mil. Antes, já haviam faturado outro Jabuti (de cor de chumbo) e mais R$ 3.000 por vencerem em suas categorias, romance e livro de teoria ou crítica literária. E ambos já previam os dividendos pela conquista. "O Jabuti tornou-se o Oscar literário do Brasil", comentou Scliar. "Saio daqui convencido de que minha carreira como escritor teve algum sentido."

Autor de uma vasta obra, que compreende 63 títulos entre contos, romances, crônicas, ensaios e ficção infanto-juvenil, Scliar contou que, ao escrever Manual da Paixão Solitária, foi tomado pela força da passagem bíblica, que inspirou sua história.

"Eu só escrevo sobre o que gosto e sobre assunto que vai interessar o leitor, mas, nesse caso, o arrebatamento foi maior, senti-me extremamente motivado", recorda-se o escritor que, leitor assíduo da Bíblia, busca ali fonte para suas histórias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;