Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Comissão da Verdade de Diadema começa a ouvir torturados na sexta-feira


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

06/11/2013 | 07:00


A Comissão da Verdade montada na Câmara de Diadema vai colher o primeiro depoimento oficial na sexta-feira, a partir das 9h, quando o ex-metalúrgico Derly de Carvalho, 74 anos, irá contar histórias de sua família.

Além de ter sido torturado na época da ditadura militar (1964-1985), Derly teve um irmão, Devanir, morto e outros dois presos pelo regime – até hoje, Daniel e Joel continuam desaparecidos. O grupo diademense ainda tenta agendar depoimento de Ernesto, filho de Devanir, já para sexta-feira.

Presidida por Lílian Cabrera (PT), a comissão de Diadema pretende ouvir explanações do ex-prefeito Gilson Menezes (PSB), dos irmãos Luiz Antônio Duarte e João Belmiro de Araújo Duarte e do ex-vereador João Paulo Oliveira, que presidiu o Legislativo diademense entre 1995 e 1996.

Na segunda-feira, a Comissão da Verdade teve primeiro ato solene de trabalho, em plenária na Câmara. Diversos colaboradores do bloco fizeram resumo de suas histórias de lutas contra ditadura militar e representantes de comissões nacional e estadual também participaram da atividade.

“Os trabalhos começarão na sexta-feira e toda semana teremos depoimentos, até janeiro. Depois é envolver a sociedade e partidos políticos na discussão, porque é importante resgatar a história, mas o mais importante é o ressarcimento às famílias”, disse Lílian.

Segundo a petista, algumas escolas municipais manifestaram interesse em participar do projeto, como forma de aproximar alunos da história do período de ditadura militar no Brasil.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Comissão da Verdade de Diadema começa a ouvir torturados na sexta-feira

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

06/11/2013 | 07:00


A Comissão da Verdade montada na Câmara de Diadema vai colher o primeiro depoimento oficial na sexta-feira, a partir das 9h, quando o ex-metalúrgico Derly de Carvalho, 74 anos, irá contar histórias de sua família.

Além de ter sido torturado na época da ditadura militar (1964-1985), Derly teve um irmão, Devanir, morto e outros dois presos pelo regime – até hoje, Daniel e Joel continuam desaparecidos. O grupo diademense ainda tenta agendar depoimento de Ernesto, filho de Devanir, já para sexta-feira.

Presidida por Lílian Cabrera (PT), a comissão de Diadema pretende ouvir explanações do ex-prefeito Gilson Menezes (PSB), dos irmãos Luiz Antônio Duarte e João Belmiro de Araújo Duarte e do ex-vereador João Paulo Oliveira, que presidiu o Legislativo diademense entre 1995 e 1996.

Na segunda-feira, a Comissão da Verdade teve primeiro ato solene de trabalho, em plenária na Câmara. Diversos colaboradores do bloco fizeram resumo de suas histórias de lutas contra ditadura militar e representantes de comissões nacional e estadual também participaram da atividade.

“Os trabalhos começarão na sexta-feira e toda semana teremos depoimentos, até janeiro. Depois é envolver a sociedade e partidos políticos na discussão, porque é importante resgatar a história, mas o mais importante é o ressarcimento às famílias”, disse Lílian.

Segundo a petista, algumas escolas municipais manifestaram interesse em participar do projeto, como forma de aproximar alunos da história do período de ditadura militar no Brasil.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;