Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Volkswagen tem até as 12h de segunda-feira para cumprir liminar


William Glauber
Do Diário do Grande ABC

06/11/2005 | 08:17


A Volkswagen tem até o meio-dia de segunda-feira para cumprir a liminar concedida na quinta-feira (3/11) pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho) em favor dos metalúrgicos da unidade de São Bernardo. A Justiça determina o pagamento dos dias parados dos trabalhadores horistas (produção) e mensalistas (administração e produção que atuam em horário comercial). O movimento grevista na Volkswagen por PLR (Participação nos Lucros ou Resultados) se estendeu entre os dias 29 de setembro e 24 de outubro.

O vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e diretor na montadora, Francisco Duarte de Lima, o Alemão, diz que até as 13h de sábado o pagamento não havia sido efetuado pela Volkswagen nas contas bancárias dos trabalhadores. “A empresa não fez nenhum depósito, e ainda não cumpriu a decisão da juíza do TRT”, reclama o sindicalista.

A empresa informa que foi notificada da decisão da juíza Wilma Nogueira de Araújo Vaz da Silva, da Seção Especializada em Dissídios Coletivos do TRT, ao meio-dia de sexta-feira. A montadora se pronuncia apenas sobre o recebimento da notificação e do prazo máximo de cumprimento da decisão, mas não anuncia as medidas que serão tomadas em relação à determinação judicial.

Segundo Alemão, o sindicato recebeu a liminar já na quinta-feira, às 17h30. “A decisão da liminar é clara: não descontar o pagamento dos dias parados na sexta-feira. Determina o pagamento do vale integral nessa sexta”, diz o vice-presidente da entidade. Na segunda-feira (31/10), os funcionários foram avisados que receberiam o pagamento de sexta-feira com o desconto dos dias referentes à paralisação por PLR.


Até o julgamento pelo TRT do dissídio que avalia o caráter abusivo do movimento, por enquanto sem data marcada, a empresa deverá realizar integralmente o pagamento dos funcionários. O não cumprimento da liminar implica em multa diária de R$ 100 mil a ser revertida ao Departamento Infantil do Hospital do Câncer de São Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Volkswagen tem até as 12h de segunda-feira para cumprir liminar

William Glauber
Do Diário do Grande ABC

06/11/2005 | 08:17


A Volkswagen tem até o meio-dia de segunda-feira para cumprir a liminar concedida na quinta-feira (3/11) pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho) em favor dos metalúrgicos da unidade de São Bernardo. A Justiça determina o pagamento dos dias parados dos trabalhadores horistas (produção) e mensalistas (administração e produção que atuam em horário comercial). O movimento grevista na Volkswagen por PLR (Participação nos Lucros ou Resultados) se estendeu entre os dias 29 de setembro e 24 de outubro.

O vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e diretor na montadora, Francisco Duarte de Lima, o Alemão, diz que até as 13h de sábado o pagamento não havia sido efetuado pela Volkswagen nas contas bancárias dos trabalhadores. “A empresa não fez nenhum depósito, e ainda não cumpriu a decisão da juíza do TRT”, reclama o sindicalista.

A empresa informa que foi notificada da decisão da juíza Wilma Nogueira de Araújo Vaz da Silva, da Seção Especializada em Dissídios Coletivos do TRT, ao meio-dia de sexta-feira. A montadora se pronuncia apenas sobre o recebimento da notificação e do prazo máximo de cumprimento da decisão, mas não anuncia as medidas que serão tomadas em relação à determinação judicial.

Segundo Alemão, o sindicato recebeu a liminar já na quinta-feira, às 17h30. “A decisão da liminar é clara: não descontar o pagamento dos dias parados na sexta-feira. Determina o pagamento do vale integral nessa sexta”, diz o vice-presidente da entidade. Na segunda-feira (31/10), os funcionários foram avisados que receberiam o pagamento de sexta-feira com o desconto dos dias referentes à paralisação por PLR.


Até o julgamento pelo TRT do dissídio que avalia o caráter abusivo do movimento, por enquanto sem data marcada, a empresa deverá realizar integralmente o pagamento dos funcionários. O não cumprimento da liminar implica em multa diária de R$ 100 mil a ser revertida ao Departamento Infantil do Hospital do Câncer de São Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;