Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ladrão vai à delegacia perguntar sobre crimes e é detido


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

15/08/2014 | 07:00


Policiais Civis do 4º DP (Distrito Policial) de Santo André detiveram na segunda-feira Osmar Anderson de Araújo, 35 anos, por roubar mulheres em Santo André e São Bernardo. A prisão aconteceu de forma inusitada: Araújo foi até o 4º DP (Jardim) andreense, dando aos policiais o nome de Carlos (seu irmão) e perguntou se a polícia estava investigando algum caso semelhante aos atos que praticava. Os policias desconfiaram e, ao abordá-lo, ele tentou fugir, sendo interceptado no Paço Municipal.

Em São Bernardo, onde residia, Araújo costumava atuar por volta das 6h15, após deixar a mulher no ponto de ônibus onde ela pegava o fretado para ir ao trabalho. Às 19h, ele circulava nos arredores da Avenida Industrial, no município andreense. Araújo estacionava o carro (em nome de sua mulher) e abordava as vítimas que estavam em seus automóveis. De uma delas, inclusive, chegou a abusar sexualmente.

A polícia já tinha registro de três ocorrências e, com as características dos crimes, iniciou investigação.

A ficha de Araújo é expressiva. Ele integrava quadrilha composta por 27 criminosos que, em 1997, roubou a gráfica Interprint, em São Bernardo. Ele foi condenado a 28 anos de prisão, passando quase dez na cadeia. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ladrão vai à delegacia perguntar sobre crimes e é detido

Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

15/08/2014 | 07:00


Policiais Civis do 4º DP (Distrito Policial) de Santo André detiveram na segunda-feira Osmar Anderson de Araújo, 35 anos, por roubar mulheres em Santo André e São Bernardo. A prisão aconteceu de forma inusitada: Araújo foi até o 4º DP (Jardim) andreense, dando aos policiais o nome de Carlos (seu irmão) e perguntou se a polícia estava investigando algum caso semelhante aos atos que praticava. Os policias desconfiaram e, ao abordá-lo, ele tentou fugir, sendo interceptado no Paço Municipal.

Em São Bernardo, onde residia, Araújo costumava atuar por volta das 6h15, após deixar a mulher no ponto de ônibus onde ela pegava o fretado para ir ao trabalho. Às 19h, ele circulava nos arredores da Avenida Industrial, no município andreense. Araújo estacionava o carro (em nome de sua mulher) e abordava as vítimas que estavam em seus automóveis. De uma delas, inclusive, chegou a abusar sexualmente.

A polícia já tinha registro de três ocorrências e, com as características dos crimes, iniciou investigação.

A ficha de Araújo é expressiva. Ele integrava quadrilha composta por 27 criminosos que, em 1997, roubou a gráfica Interprint, em São Bernardo. Ele foi condenado a 28 anos de prisão, passando quase dez na cadeia. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;