Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vice-presidente da Venezuela chama Toledo de "mendigo"


Da AFP

12/05/2006 | 20:46


Em mais um round da briga entre os presidentes de Peru e Venezuela, Alejandro Toledo e Hugo Chávez, o vice-presidente venezuelano, José Vicente Rangel, chamou o líder peruano de "mendigo" e "fracassado".

"Um mendigo como o presidente do Peru, um governante fracassado como ele, não pode ter outro tipo de conduta além desta", disse Rangel sobre as críticas de Toledo a Chávez.

Toledo revelou em Viena, durante a VI Cúpula UE-América Latina, que retirou seu embaixador em Caracas no final de abril para "impedir a intervenção" de Chávez, que criticou o candidato à presidência peruana Alan García, ato considerado por Lima como uma intromissão na política interna do Peru.

Chávez manifestou abertamente seu apoio ao candidato nacionalista peruano Ollanta Humala e criticou García, o que gerou grande mal-estar em Lima.

No início de maio, Chávez também retirou o embaixador da Venezuela em Lima, após denúncia do Peru contra a Venezuela no Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) por ingerência em questões internas.

O segundo turno das eleições peruanas, entre Humala e García, será realizado no dia 4 de junho.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vice-presidente da Venezuela chama Toledo de "mendigo"

Da AFP

12/05/2006 | 20:46


Em mais um round da briga entre os presidentes de Peru e Venezuela, Alejandro Toledo e Hugo Chávez, o vice-presidente venezuelano, José Vicente Rangel, chamou o líder peruano de "mendigo" e "fracassado".

"Um mendigo como o presidente do Peru, um governante fracassado como ele, não pode ter outro tipo de conduta além desta", disse Rangel sobre as críticas de Toledo a Chávez.

Toledo revelou em Viena, durante a VI Cúpula UE-América Latina, que retirou seu embaixador em Caracas no final de abril para "impedir a intervenção" de Chávez, que criticou o candidato à presidência peruana Alan García, ato considerado por Lima como uma intromissão na política interna do Peru.

Chávez manifestou abertamente seu apoio ao candidato nacionalista peruano Ollanta Humala e criticou García, o que gerou grande mal-estar em Lima.

No início de maio, Chávez também retirou o embaixador da Venezuela em Lima, após denúncia do Peru contra a Venezuela no Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) por ingerência em questões internas.

O segundo turno das eleições peruanas, entre Humala e García, será realizado no dia 4 de junho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;