Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

General colombiano é condenado por não proteger população


Das Agências

13/02/2001 | 09:51


Um general reformado do Exército colombiano foi condenado a 40 meses de prisão por não oferecer proteção aos habitantes de um povoado, assassinados por um grupo paramilitar. O general Jaime Humberto Uscategui recebeu a sentença de um Conselho de Guerra presidido pelo comandante da Força Aérea, Héctor Fabio Velasco. Esta é a primeira vez na história do Exército colombiano que um general é condenado por um tribunal militar.

Uscategui foi acusado de não proteger os habitantes de Mapiripán, um povoado a 300 quilômetros de Bogotá. Segundo testemunhas, em julho de 1997, um grupo paramilitar chegou à região e assassinou mais de 30 camponeses. Na época, Uscategui era comandante da VII Brigada do Exército, destacamento que tinha jurisdição sobre Mapiripán. O oficial foi comunicado da presença dos paramilitares, mas não tomou medidas preventivas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;