Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

United Airlines registra prejuízo líquido de US$ 1,637 bilhão no 2º trimestre

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/07/2020 | 17:44


A United Airlines teve prejuízo líquido de US$ 1,637 bilhão no segundo trimestre de 2020, revertendo lucro de US$ 1,472 bilhão de igual período do ano passado. A companhia afirma em comunicado que este foi "o trimestre financeiro mais difícil em sua história de 94 anos", com prejuízo líquido ajustado de US$ 2,6 bilhões. A receita total operacional recuou 87,1% na comparação anual, a US$ 1,475 bilhão.

A companhia informa que o número de passageiros no segundo trimestre teve queda de 93,4% e a receita com eles, queda de 95,3%. Os números, obviamente, são fruto do impacto da pandemia da covid-19 e das restrições para conter a disseminação da doença. A United Airlines diz acreditar que fez o melhor trabalho possível, no quadro atual, e que espera encerrar o trimestre com a mais baixa média de queima de caixa diária entre as grandes companhias de transporte aéreo.

Após o balanço, a ação da United Airlines subia 1,18% no after hours em Nova York, às 17h35 (de Brasília), depois de ter recuado num primeiro momento depois da publicação dos resultados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

United Airlines registra prejuízo líquido de US$ 1,637 bilhão no 2º trimestre


21/07/2020 | 17:44


A United Airlines teve prejuízo líquido de US$ 1,637 bilhão no segundo trimestre de 2020, revertendo lucro de US$ 1,472 bilhão de igual período do ano passado. A companhia afirma em comunicado que este foi "o trimestre financeiro mais difícil em sua história de 94 anos", com prejuízo líquido ajustado de US$ 2,6 bilhões. A receita total operacional recuou 87,1% na comparação anual, a US$ 1,475 bilhão.

A companhia informa que o número de passageiros no segundo trimestre teve queda de 93,4% e a receita com eles, queda de 95,3%. Os números, obviamente, são fruto do impacto da pandemia da covid-19 e das restrições para conter a disseminação da doença. A United Airlines diz acreditar que fez o melhor trabalho possível, no quadro atual, e que espera encerrar o trimestre com a mais baixa média de queima de caixa diária entre as grandes companhias de transporte aéreo.

Após o balanço, a ação da United Airlines subia 1,18% no after hours em Nova York, às 17h35 (de Brasília), depois de ter recuado num primeiro momento depois da publicação dos resultados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;