Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC supera 2.200 casos e 200 mortes pelo novo coronavírus

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cidade com maior incidência de casos é São Bernardo, com 63 óbitos, 669 casos confirmados e 2.319 suspeitos


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

05/05/2020 | 00:02


Os números da Covid-19 seguem em ascensão no Grande ABC. Foram registrados mais 14 mortes, 160 novos casos confirmados e 894 pacientes a mais aguardando resultados dos testes para saberem se estão com o novo coronavírus. Assim, já são 202 vítimas fatais, 2.209 infectados e 5.122 pessoas esperando pelos exames em toda a região.

A cidade com a maior incidência de casos é São Bernardo, com 63 óbitos, 669 casos confirmados e 2.319 suspeitos da doença. Para conter está subida nos números, o município vai aumentar a capacidade de atendimento e prometeu ontem que em dez dias estarão prontas as instalações do Hospital de Urgência, na Rua Joaquim Nabuco, no Centro.

Serão 250 novos leitos exclusivos para tratamento da doença, sendo 80 de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 170 de enfermarias. Assim, o município passará a ter 517 acomodações destinadas ao combate da Covid-19. “Com planejamento e muito empenho, estamos investindo no que existe de melhor em Saúde. Mais um equipamento moderno e preparado para atender a todos que precisam, e o mais importante, salvar vidas”, declarou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB).

Diadema foi o município que mais cresceu em número de mortes. Das 14 na região, sete foram na cidade, que alcançou 30 vítimas fatais. Santo André registra ainda 58 óbitos, Mauá, 26, São Caetano, 16, Ribeirão Pires, seis, e Rio Grande da Serra, dois.

O Grande ABC representa 6,86% dos 32.187 casos confirmados no Estado. São Paulo registra ainda 2.654 óbitos decorrentes do vírus. Já os números nacionais também são ascendentes e o País soma 7.367 provocadas pela Covid-19, além de 108.620 casos confirmados.

O mundo superou ontem a marca de 3,5 milhões de pessoas positivadas e a curva segue crescente principalmente nos Estados Unidos, que alcançaram 1.208.101 infectadas e 69.579 vítimas fatais. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC supera 2.200 casos e 200 mortes pelo novo coronavírus

Cidade com maior incidência de casos é São Bernardo, com 63 óbitos, 669 casos confirmados e 2.319 suspeitos

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

05/05/2020 | 00:02


Os números da Covid-19 seguem em ascensão no Grande ABC. Foram registrados mais 14 mortes, 160 novos casos confirmados e 894 pacientes a mais aguardando resultados dos testes para saberem se estão com o novo coronavírus. Assim, já são 202 vítimas fatais, 2.209 infectados e 5.122 pessoas esperando pelos exames em toda a região.

A cidade com a maior incidência de casos é São Bernardo, com 63 óbitos, 669 casos confirmados e 2.319 suspeitos da doença. Para conter está subida nos números, o município vai aumentar a capacidade de atendimento e prometeu ontem que em dez dias estarão prontas as instalações do Hospital de Urgência, na Rua Joaquim Nabuco, no Centro.

Serão 250 novos leitos exclusivos para tratamento da doença, sendo 80 de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 170 de enfermarias. Assim, o município passará a ter 517 acomodações destinadas ao combate da Covid-19. “Com planejamento e muito empenho, estamos investindo no que existe de melhor em Saúde. Mais um equipamento moderno e preparado para atender a todos que precisam, e o mais importante, salvar vidas”, declarou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB).

Diadema foi o município que mais cresceu em número de mortes. Das 14 na região, sete foram na cidade, que alcançou 30 vítimas fatais. Santo André registra ainda 58 óbitos, Mauá, 26, São Caetano, 16, Ribeirão Pires, seis, e Rio Grande da Serra, dois.

O Grande ABC representa 6,86% dos 32.187 casos confirmados no Estado. São Paulo registra ainda 2.654 óbitos decorrentes do vírus. Já os números nacionais também são ascendentes e o País soma 7.367 provocadas pela Covid-19, além de 108.620 casos confirmados.

O mundo superou ontem a marca de 3,5 milhões de pessoas positivadas e a curva segue crescente principalmente nos Estados Unidos, que alcançaram 1.208.101 infectadas e 69.579 vítimas fatais. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;