Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Verba de leilão em São Bernardo irá para saúde e educação

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Governo Morando estima arrecadar R$ 1 mi com venda de veículos encostados após aplicativo


Daniel Tossato
Do dgabc.com.br

28/09/2019 | 07:00


O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), estima que utilizará o dinheiro arrecadado com a venda de automóveis em desuso pelo poder público desde a adoção de transporte individual por aplicativo nas áreas de saúde e educação.

A meta do governo é arrecadar R$ 1 milhão com a negociação, via leilão, de 139 itens. Os lances podem ser feitos a partir da próxima semana e a visitação das peças está aberta.

A ideia, conforme Morando, é eliminar a maior quantidade de veículos que estão encostados até o fim do ano por meio de mais uma rodada de leilão, que está prevista para acontecer nos próximos meses. “Ainda temos 150 equipamentos em uma espécie de garantia, caso precisemos utilizar algo mais específico. Desses, poderemos leiloar mais 70 e manter apenas 80, que serão equipamentos mais específicos”, disse o chefe do Executivo.

Desde que adotou a utilização de aplicativo para o transporte de funcionários, em 2018, a administração economizou R$ 3,5 milhões por ano. “Estamos vendo muitos políticos dizerem que são gestores. Mas isso precisa ser provado e eu estou fazendo isso. Isso é gestão. Trazer mais economicidade aos cofres públicos. As indústrias privadas já não detêm mais frotas próprias”, alegou o tucano.

Os itens do leilão poderão ser visitados pessoalmente na garagem municipal de São Bernardo, localizada na Avenida Caminho do Mar, 2.795, no Rudge Ramos. Quem estiver interessado em formalizar arremates deverá se inscrever no site www.sumareleiloes.com.br. A venda tem previsão de seguir até terça-feira.

Em dezembro do ano passado, São Bernardo já tinha recolhido R$ 1,14 milhão após primeira rodada de leilão, que liquidou 177 dos 186 itens que foram colocados à disposição de compradores.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;