Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Família de Maeli nao é encontrada


Do Diário do Grande ABC

31/08/1999 | 21:49


A casa na Rua Almirante Barroso, no Brás, onde moram os pais da ex-vereadora Maeli Vergniano permaneceu fechada durante todo o dia desta terça-feira. A noite, um homem que preferiu nao se identificar limitava-se a dizer, pelo interfone, que ela e o pai, o pastor Lupércio Vergniano, tinham viajado.

As luzes da casa, no entanto, permaneciam acesas e pelos vitrôs do segundo andar do sobrado era possível perceber pessoas observando a movimentaçao dos repórteres. Quando algum fotógrafo direcionava a câmera para a casa, as pessoas se abaixavam.

Por volta das 20h30, um dos filhos da vereadora chegou com uniforme e material escolar. Foi até um orelhao, na esquina da rua, acompanhado por um carro da PM. Do tefefone público fez uma rápida ligaçao. Em seguida, o adolescente aproximou-se da casa andando lentamente, sem olhar para os lados. A poucos metros da entrada da casa, correu e atirou-se contra a porta de madeira, imediatamente aberta por alguém dentro da casa.

Da calçada, os vizinhos acompanharam a cena com risos e exclamaçoes de surpresa. "Será que precisava tudo isso", perguntava uma mulher cercada de crianças pequenas. Outros moradores da rua acompanharam a cena das sacadas das janelas.

No templo da Assembléia de Deus onde o pai de Maeli é pastor, a uma quadra da casa, um grupo de fiéis orava, segundo informou um segurança. O templo permanecia trancado e apenas os fiéis conhecidos tinham permissao para entrar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Família de Maeli nao é encontrada

Do Diário do Grande ABC

31/08/1999 | 21:49


A casa na Rua Almirante Barroso, no Brás, onde moram os pais da ex-vereadora Maeli Vergniano permaneceu fechada durante todo o dia desta terça-feira. A noite, um homem que preferiu nao se identificar limitava-se a dizer, pelo interfone, que ela e o pai, o pastor Lupércio Vergniano, tinham viajado.

As luzes da casa, no entanto, permaneciam acesas e pelos vitrôs do segundo andar do sobrado era possível perceber pessoas observando a movimentaçao dos repórteres. Quando algum fotógrafo direcionava a câmera para a casa, as pessoas se abaixavam.

Por volta das 20h30, um dos filhos da vereadora chegou com uniforme e material escolar. Foi até um orelhao, na esquina da rua, acompanhado por um carro da PM. Do tefefone público fez uma rápida ligaçao. Em seguida, o adolescente aproximou-se da casa andando lentamente, sem olhar para os lados. A poucos metros da entrada da casa, correu e atirou-se contra a porta de madeira, imediatamente aberta por alguém dentro da casa.

Da calçada, os vizinhos acompanharam a cena com risos e exclamaçoes de surpresa. "Será que precisava tudo isso", perguntava uma mulher cercada de crianças pequenas. Outros moradores da rua acompanharam a cena das sacadas das janelas.

No templo da Assembléia de Deus onde o pai de Maeli é pastor, a uma quadra da casa, um grupo de fiéis orava, segundo informou um segurança. O templo permanecia trancado e apenas os fiéis conhecidos tinham permissao para entrar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;