Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Inseto do período jurássico ainda vive na Austrália


Das Agências

13/02/2001 | 10:45


Uma espécie de inseto do período jurássico, que teoricamente havia sido exterminado por ratos há 80 anos, continua vivendo na ilha Lord Howe (Austrália), anunciaram nesta terça-feira os cientistas australianos.

O ‘‘dryococelus australis’’, inseto não-voador gigante, que pode alcançar os 15 centímetros de comprimento e 1,5 cm de largura, sobreviveu aos dinossauros até nossa época, mas a comunidade científica achava que havia sido exterminado pelos ratos chegados à ilha de Lord Howew (600 km a Leste da Austrália), em um barco, em 1918.

Na semana passada, cientistas do Serviço de Fauna Selvagem e Parques Naturais do Museu de Ciências Naturais da Austrália encontraram três fêmeas da espécie e ovos em uma ilhota rochosa situada a 23 km de Lord Howe.

‘‘Ver esses insetos desaparecidos nos fez sentir em outra época. Não há palavras para explicar essa sensação’’, declarou Nick Carlysle, membro da equipe que realizou a descoberta.

O diretor da equipe, o dr. David Priddel, estimou que provavelmente existam apenas somente algumas dezenas de exemplares desta espécie, e os cientistas vão tentar reintroduzi-la na ilha Lord Howe.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;