Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Grande ABC rejeita governo Temer e critica gestão Alckmin

Montagem/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Instituto Paraná Pesquisas aponta insatisfação ao presidente em todas cidades consultadas


Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

06/05/2017 | 07:00


O presidente da República, Michel Temer (PMDB), teve o governo reprovado pela maioria dos eleitores de cinco das sete cidades do Grande ABC, de acordo com levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas. Na mesma análise, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), foi criticado na maioria dos municípios da região.

O estudo, feito em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema e Mauá, mostrou que a gestão do peemedebista é rejeitada em todos os municípios.

O maior índice de insatisfação com Temer foi visto em São Bernardo, onde 75% dos entrevistados desaprovaram o trabalho do atual presidente do País. Na cidade, 17,4% avaliam como ruim e outros 44,2% como péssima a atuação de Temer – apenas 1% vê o governo ótimo e 8% como bom.

Os índices negativos foram observados também em Santo André (onde 74,8% rejeitam Temer), Diadema (74,8% de críticas) e Mauá (72,2% de insatisfação). O cenário menos traumático está em São Caetano, onde 66,1% dos eleitores condenam o trabalho de Temer e outros 29% aprovam.

Ao todo, o instituto ouviu 3.186 eleitores em cinco das sete cidades da região. Os levantamentos estão registrados sob o número 3.122/17 no Conselho Regional de Estatística, com margem de erro que varia entre 3,5% e 4,5%, dependendo do município. Foram questionados 804 eleitores de Santo André, 887 em São Bernardo, 486 em São Caetano, 506 em Diadema e 503 em Mauá.

ALCKMIN
Na análise de desempenho do governo Alckmin, o Grande ABC deu sinais de insatisfação. Depois de o tucano ser reeleito com maioria em todas as cidades da região, o quadro se reverteu.

Alckmin foi rejeitado em Santo André, São Bernardo e Diadema – somente São Caetano e Mauá aprovaram a gestão tucana à frente do Palácio dos Bandeirantes.

O pior índice foi registrado em São Bernardo, onde 49,4% desaprovaram o quarto mandato de Alckmin – 46,1% elogiam. Em Santo André, 48,3% criticam o governador, enquanto 48,2% enaltecem. Já em Diadema, a proporção é de 47,5% de ataques para 46,4% de aplausos.

Em Mauá, Alckmin encontra o melhor cenário, com 52,8% de aceitação ante 42,1% de rejeição. Em São Caetano, 52,2% abraçam o trabalho do tucano e outros 43,4% reprovam.

Ontem, o Diário publicou que o Paraná Pesquisas identificou que o Grande ABC ainda não aderiu a uma possível candidatura de Alckmin à Presidência da República. O nome favorito na região é o do prefeito da Capital, João Doria (PSDB), seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC rejeita governo Temer e critica gestão Alckmin

Instituto Paraná Pesquisas aponta insatisfação ao presidente em todas cidades consultadas

Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

06/05/2017 | 07:00


O presidente da República, Michel Temer (PMDB), teve o governo reprovado pela maioria dos eleitores de cinco das sete cidades do Grande ABC, de acordo com levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas. Na mesma análise, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), foi criticado na maioria dos municípios da região.

O estudo, feito em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema e Mauá, mostrou que a gestão do peemedebista é rejeitada em todos os municípios.

O maior índice de insatisfação com Temer foi visto em São Bernardo, onde 75% dos entrevistados desaprovaram o trabalho do atual presidente do País. Na cidade, 17,4% avaliam como ruim e outros 44,2% como péssima a atuação de Temer – apenas 1% vê o governo ótimo e 8% como bom.

Os índices negativos foram observados também em Santo André (onde 74,8% rejeitam Temer), Diadema (74,8% de críticas) e Mauá (72,2% de insatisfação). O cenário menos traumático está em São Caetano, onde 66,1% dos eleitores condenam o trabalho de Temer e outros 29% aprovam.

Ao todo, o instituto ouviu 3.186 eleitores em cinco das sete cidades da região. Os levantamentos estão registrados sob o número 3.122/17 no Conselho Regional de Estatística, com margem de erro que varia entre 3,5% e 4,5%, dependendo do município. Foram questionados 804 eleitores de Santo André, 887 em São Bernardo, 486 em São Caetano, 506 em Diadema e 503 em Mauá.

ALCKMIN
Na análise de desempenho do governo Alckmin, o Grande ABC deu sinais de insatisfação. Depois de o tucano ser reeleito com maioria em todas as cidades da região, o quadro se reverteu.

Alckmin foi rejeitado em Santo André, São Bernardo e Diadema – somente São Caetano e Mauá aprovaram a gestão tucana à frente do Palácio dos Bandeirantes.

O pior índice foi registrado em São Bernardo, onde 49,4% desaprovaram o quarto mandato de Alckmin – 46,1% elogiam. Em Santo André, 48,3% criticam o governador, enquanto 48,2% enaltecem. Já em Diadema, a proporção é de 47,5% de ataques para 46,4% de aplausos.

Em Mauá, Alckmin encontra o melhor cenário, com 52,8% de aceitação ante 42,1% de rejeição. Em São Caetano, 52,2% abraçam o trabalho do tucano e outros 43,4% reprovam.

Ontem, o Diário publicou que o Paraná Pesquisas identificou que o Grande ABC ainda não aderiu a uma possível candidatura de Alckmin à Presidência da República. O nome favorito na região é o do prefeito da Capital, João Doria (PSDB), seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;