Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Colégio Columbine reabre suas portas depois do massacre


Do Diário do Grande ABC

15/08/1999 | 20:03


O colégio Columbine de Littleton (Colorado), palco do tiroteio no qual 15 pessoas morreram em abril passado, reabre suas portas nesta segunda-feira, totalmente reformado, informa neste domingo a imprensa norte-americana.

A direçao do instituto programou uma cerimônia que deve contar com a participaçao de seus 1.900 alunos, para içar a bandeira nacional, que esteve a meio-mastro durante todo este período, segundo a televisao NBC.

O prédio foi pintado, os tetos remodelados e novo mobiliário foi instalado, para apagar as lembranças do massacre.

O estabelecimento foi seriamente danificado no dia 20 de abril passado, quando dois alunos abriram fogo e explodiram bombas dentro dele na hora do almoço, matando 12 estudantes e um professor antes de se suicidarem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Colégio Columbine reabre suas portas depois do massacre

Do Diário do Grande ABC

15/08/1999 | 20:03


O colégio Columbine de Littleton (Colorado), palco do tiroteio no qual 15 pessoas morreram em abril passado, reabre suas portas nesta segunda-feira, totalmente reformado, informa neste domingo a imprensa norte-americana.

A direçao do instituto programou uma cerimônia que deve contar com a participaçao de seus 1.900 alunos, para içar a bandeira nacional, que esteve a meio-mastro durante todo este período, segundo a televisao NBC.

O prédio foi pintado, os tetos remodelados e novo mobiliário foi instalado, para apagar as lembranças do massacre.

O estabelecimento foi seriamente danificado no dia 20 de abril passado, quando dois alunos abriram fogo e explodiram bombas dentro dele na hora do almoço, matando 12 estudantes e um professor antes de se suicidarem.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;