Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rebelião na Febem de Franco da Rocha deixa um ferido


Do Diário OnLine
Com Agências

22/09/2003 | 09:46


Uma rebelião ocorrida na noite deste domingo na unidade de Franco da Rocha da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem), na Grande São Paulo, terminou com um funcionário ferido. Durante o motim, que começou por volta das 17h30 e foi controlado às 20h30, nove monitores foram mantidos reféns.

Tudo começou quando internos da unidade 31 feriram com uma paulada na cabeça um coordenador de pátio, fazendo em seguida outros oito funcionários reféns. Os amotinados reivindicavam um aumento de 3h no horário de visitas, hoje das 9h às 12h de domingo.

Policiais militares chegaram a ser acionados, mas a rebelião foi controlada com a negociação pacífica. A assessoria da Febem não informou se o pedidos dos menores será acatado.

Tensão - A situação em Franco da Rocha é de tensão desde o dia 14 deste mês, quando dois internos da unidade foram assassinados a socos, pontapés e golpes de estiletes artesanais. As vítimas, R.P.S.G. e J.E.C., ambos de 18 anos, foram atacadas por outros internos enquanto dormiam.

A instituição apura a denúncia de que um funcionário da Febem teria fornecido uma faca e um alicate aos adolescentes que mataram dois internos. Também é apurada a razão para as vítimas e os assassinos terem sido colocados na mesma ala.

Só em Franco da Rocha já foram registradas 18 rebeliões neste ano. O governo de São Paulo já prometeu desativar, até o fim do ano, a ala 31 da unidade, considerada a mais problemática.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rebelião na Febem de Franco da Rocha deixa um ferido

Do Diário OnLine
Com Agências

22/09/2003 | 09:46


Uma rebelião ocorrida na noite deste domingo na unidade de Franco da Rocha da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem), na Grande São Paulo, terminou com um funcionário ferido. Durante o motim, que começou por volta das 17h30 e foi controlado às 20h30, nove monitores foram mantidos reféns.

Tudo começou quando internos da unidade 31 feriram com uma paulada na cabeça um coordenador de pátio, fazendo em seguida outros oito funcionários reféns. Os amotinados reivindicavam um aumento de 3h no horário de visitas, hoje das 9h às 12h de domingo.

Policiais militares chegaram a ser acionados, mas a rebelião foi controlada com a negociação pacífica. A assessoria da Febem não informou se o pedidos dos menores será acatado.

Tensão - A situação em Franco da Rocha é de tensão desde o dia 14 deste mês, quando dois internos da unidade foram assassinados a socos, pontapés e golpes de estiletes artesanais. As vítimas, R.P.S.G. e J.E.C., ambos de 18 anos, foram atacadas por outros internos enquanto dormiam.

A instituição apura a denúncia de que um funcionário da Febem teria fornecido uma faca e um alicate aos adolescentes que mataram dois internos. Também é apurada a razão para as vítimas e os assassinos terem sido colocados na mesma ala.

Só em Franco da Rocha já foram registradas 18 rebeliões neste ano. O governo de São Paulo já prometeu desativar, até o fim do ano, a ala 31 da unidade, considerada a mais problemática.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;