Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Câmara dos EUA se recusa a financiar operações no Iraque


Da AFP

18/12/2007 | 17:44


O orçamento para 2008 foi incluído nesta terça-feira na pauta de votações do Senado americano, depois de a Câmara dos Representantes ter aprovado uma soma US$ 515 bilhões - que exclui os gastos com a Defesa - e uma verba de US$ 31 bilhões para o Afeganistão.

A versão do orçamento aprovada pela Câmara por 253 votos contra 154 não prevê nenhum financiamento para a guerra no Iraque. O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, avisou que vetará qualquer texto que não inclua um financiamento para as operações militares americanas no país árabe.

Entretanto, é provável que por iniciativa dos republicanos, o Senado acrescente um orçamento global para o Iraque e o Afeganistão de cerca de US$ 70 bilhões. A proposta do Senado voltará logo em seguida para a Câmara.

Os democratas, que controlam amplamente a Câmara dos representantes, fracassaram até agora em suas tentativas de impor um cronograma de retirada das tropas americanas do Iraque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara dos EUA se recusa a financiar operações no Iraque

Da AFP

18/12/2007 | 17:44


O orçamento para 2008 foi incluído nesta terça-feira na pauta de votações do Senado americano, depois de a Câmara dos Representantes ter aprovado uma soma US$ 515 bilhões - que exclui os gastos com a Defesa - e uma verba de US$ 31 bilhões para o Afeganistão.

A versão do orçamento aprovada pela Câmara por 253 votos contra 154 não prevê nenhum financiamento para a guerra no Iraque. O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, avisou que vetará qualquer texto que não inclua um financiamento para as operações militares americanas no país árabe.

Entretanto, é provável que por iniciativa dos republicanos, o Senado acrescente um orçamento global para o Iraque e o Afeganistão de cerca de US$ 70 bilhões. A proposta do Senado voltará logo em seguida para a Câmara.

Os democratas, que controlam amplamente a Câmara dos representantes, fracassaram até agora em suas tentativas de impor um cronograma de retirada das tropas americanas do Iraque.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;