Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians encara Flamengo e pressão


Das Agências

08/09/2011 | 07:03


Cobrados abertamente pelo presidente Andrés Sanchez, com rispidez por parte da torcida - invadiu o treino de terça-feira -, e severamente pressionado com as vitórias de São Paulo e Botafogo ontem, os jogadores do Corinthians terão grande teste de nervos hoje (21h50), diante do Flamengo, no Pacaembu.

Cientes de que a paz no Campeonato Brasileiro passa por uma vitória, eles prometem recuperar a primeira colocação na tabela com bom futebol diante dos cariocas. Em 21 rodadas no Nacional, apenas em três o Corinthians não foi líder ou segundo colocado. Na primeira (quinto lugar), segunda (quarto) E quinta (terceiro).

Hoje, os paulistas entram em campo em terceiro e, dependendo do resultado do Vasco, que estará jogando com pouco mais de uma hora de antecedência contra o Coritiba, até em quarto.

A boa notícia para o corintiano é que Liedson e o flamenguista Ronaldinho Gaúcho (leia mais ao lado) também foram confirmados, estarão em campo e prometem abrilhantar ainda mais o desafio.

Após ensaiar a troca Leandro Castán por Wallace, o técnico Tite manterá a defesa titular, ainda com Alessandro, Chicão e Ramón.

No meio, Jorge Henrique permanece por ser mais rodado que Edenilson, e Danilo sai para a entrada de Alex, pela primeira vez ganhando a posição do companheiro por competência.

CAUTELA TÁTICA

Como de costume em vésperas de jogos, Tite ensaiou muitas situações na defesa e no ataque. Um dos pontos que ganharam mais ênfase foi a marcação pelo lado direito, setor em que Ronaldinho costuma se concentrar. Alessandro, Paulinho e Jorge Henrique foram destacados para a função.

O Timão pretende aproveitar também o momento ruim da defesa do Flamengo. Assim, o treinador deu muito destaque para as jogadas aéreas no ataque, com descidas dos laterais e cobranças de escanteio.

TODOS JUNTOS

Com time cascudo, o técnico corintiano espera ter estabilidade emocional para suportar possíveis vaias da irritada torcida, indignada com apenas 12 pontos somados nos últimos 33 disputados.

Os jogadores fizeram pacto de ajuda mútua. Conversaram e combinaram de fazer o possível e até o impossível para permanecer com a principal arma, a torcida, do lado. "É óbvio e todos vão dizer que não atrapalha, mas é desconfortável jogar com torcida desfavorável e insatisfeita. Neste momento, a experiência ajuda e essa consciência todos aqui têm de ter em dia para que possamos dar a volta por cima", afirmou Alex.

Ganhar a vaga em um momento de instabilidade aumenta a pressão sobre o meia. Ainda mais após perder gol feito diante do Coritiba. Ele garante estar preparado e manda um recado para os corintianos.

"Se abrirmos cinco pontos ou ficar um atrás, agora, não vamos ganhar ou perder o campeonato. Toda e qualquer derrota não traz benefícios e, se vier, pode piorar cada vez mais a situação", disse. TL(

Ronaldinho é principal trunfo de Luxemburgo

Ciente de que a missão de vencer o Corinthians é providencial, o Flamengo tem o trunfo que considera perfeito para o clássico de hoje, em São Paulo: Ronaldinho Gaúcho. O meia-atacante voltou da Seleção Brasileira com o prestígio em alta e vai reforçar o time em jogo muito badalado e que confronta dois candidatos ao título do Campeonato Brasileiro.

Ronaldinho esteve muito bem no amistoso de segunda-feira, em que o Brasil derrotou Gana por 1 a 0, em Londres.

A volta de Ronaldinho Gaúcho, na avaliação do técnico Vanderlei Luxemburgo, pode curar a instabilidade do time carioca e aumenta visivelmente as chances de o Flamengo retomar o caminho das vitórias - nos últimos 18 pontos que disputou, o time conquistou apenas três em três empates.

Se o ambiente no Flamengo melhora com o retorno do ídolo, não há como negar que existe mal-estar crescente no grupo - em razão principalmente dos tropeços recentes e de um acirramento na relação entre alguns atletas e também em reações de Luxemburgo.

Após a derrota para o Bahia, no domingo, Ronaldo Angelim disse que o seu colega de zaga Welinton teria de voltar logo ao time. Era uma crítica clara à atuação de Gustavo naquela partida.

Ontem, no treino realizado em Atibaia (interior de São Paulo), o técnico deixou Ronaldo Angelim entre os reservas e escalou na equipe titular Welinton e Gustavo. Maldonado também deve começar jogando, na vaga de Bottinelli.

SERIEDADE

Luxemburgo parecia bastante concentrado na última atividade antes da importante partida frente ao Corinthians, e abriu mão de comentários mais descontraídos. Interrompeu o treino várias vezes, a fim de ajustar a posição dos jogadores em campo e cobrou empenho tático redobrado como carta na manga para o desafio. Ele se indispôs com parte do grupo em um episódio insólito no sábado, véspera do jogo contra o Bahia.

Quando fazia a preleção, foi interrompido por um atleta, que soltou gases e provocou o riso de colegas. Luxemburgo retirou-se então do local e depois cobrou profissionalismo e respeito da equipe.

Emerson Sheik recebe proposta milionária do Catar

Um dos poucos jogadores do Corinthians a se destacar nas últimas rodadas, o atacante Emerson pode dar adeus ao clube nos próximos dias. O jogador recebeu proposta tentadora do Al-Sadd, do Catar, e ficou balançado. Ele ganharia cerca de R$ 18 milhões por apenas dez meses de contrato.

Sheik ainda não comunicou os dirigentes alvinegros sobre o interesse. O clima entre a direção, aliás, é de cautela para falar sobre o assunto. O Timão não gostaria de perder ninguém no momento de decisão do Campeonato Brasileiro, mas sabe que uma oferta tão boa pode pesar na análise do atleta, que completou 33 anos na terça-feira.

"Para o Corinthians não chegou nada até agora, e nem o Emerson nos falou. Vamos esperar para poder conversar. Claro que seria muito ruim perder um jogador agora", afirmou o diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade.

Segundo o diretor adjunto de futebol Duílio Monteiro Alves, há pouco mais de três semanas, Reinaldo Pitta, agente do Sheik, procurou o Corinthians para saber se o Timão tinha interesse em emprestá-lo ao clube do Oriente Médio. Prontamente, o Timão negou. Não quer se desfazer do atacante para não enfraquecer o elenco na briga pelo título nacional.

O Al-Sadd tem pressa para fechar a negociação. O prazo para a inscrição de jogadores no campeonato local acaba amanhã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;