Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A fotografia na vida de Antenor

Isa Yara Coradi Carraro é uma memorialista nata, herança do pai...


Ademir Medici

28/12/2014 | 07:00


Isa Yara Coradi Carraro é uma memorialista nata, herança do pai também escritor e da base obtida nos tempos do Colégio São José, o Colégio das Irmãs de São Bernardo. Ela define a história do pai fotógrafo em capítulos com começo, meio e fim, inclusive selecionando fotos, idealizando legendas, deixando um gancho para o capítulo seguinte. Para vocês terem uma ideia, o título principal da Memória de hoje é dela também, nossa nova parceira.

Uma base em Santo Amaro

Texto: Isa Coradi

Mário Censon era casado com Ercilia Corradi (com dois erres), irmã de Daniel, o pai de Antenor Coradi. Em 1933, Censon mudou-se para Santo Amaro e montou fabrica de móveis. Convidou o sobrinho Antenor para trabalhar com ele de marceneiro. O convite foi aceito.

Já naquela época Antenor gostava muito de fotografias e, por conseguinte, de paisagens. Em um laboratório improvisado revelava e ampliava suas fotos. No mês de maio, em Santo Amaro, tradicionalmente se realizava a Festa do Divino, com atividades religiosas e quermesse. Com seu primo Floriano Scatollin, Antenor teve a ideia de montar uma barraca de tiro ao alvo. O atirador acertando o alvo, disparava uma máquina de fotografias. Imediatamente a foto era revelada e entregue ao ‘bom atirador’.

Pelos anos seguintes, Antenor exerceria diversas atividades, sempre tentando ganhar o suficiente para o sustento da família. Já estava casado, tinha dois filhos. Em busca de um bom emprego, foi trabalhar na repartição de águas da prefeitura paulistana. Foi dono de bar, de loja de calçados, mas sempre que não dava certo, voltava a trabalhar como marceneiro.

Santo Amaro e marcenaria: só podiam dar São Bernardo, a Capital dos Móveis e do futuro Foto Studio Amaro, como se verá.

DATAS

1908, 14 de setembro – Antenor nasce em Rio Claro (SP), filho de Daniel e Maria Coradi.

1936, 23 de junho – O casamento com Sofia Juncker.

1937, junho – O nascimento do filho Carlos Daniel.

1938, 9 de setembro – O nascimento da filha Isa Yara.

Em 28 de dezembro de...

1804 – Recenseamento realizado na Capitania de São Paulo indica população de 36.163 habitantes para a capital, que incluía, como bairro periférico, o atual Grande ABC, futura freguesia.

1889 – Thereza Cristina, ex-imperatriz do Brasil, mulher de Dom Pedro II, morre na cidade do Porto aos 67 anos.

1899 – Luiz Dumont Villares nasce na cidade do Porto, em Portugal. Industrial brasileiro, criador de duas indústrias históricas do Grande ABC, Aços Villares e Equipamentos Villares.

1904 – Professor Pantaleão da Lapa Trancoso requer transferência da Escola de Mato Dentro para a da Estação do Rio Grande (da Serra), em São Bernardo.

1914 – A guerra. Da manchete do Estadão: “Os franceses lançam bombas sobre hangares alemães, na gare de Mets e nos quartéis de Saint Privas e Metz.”

1929 – Realizada mais uma quermesse na Praça do Carmo, em Santo André, pelas obras da Igreja do Carmo e do Colégio Padre Capra. Abrilhantam a festa, em revezamento, as duas corporações musicais da cidade, Lyra e Liberdade. A barraca França institui um concurso para a eleição da Miss Quermesse.

1944 – Ademir Tadeu Morare nasce no bairro Paraíso, em Santo André. Administrador de empresas. Desde os 14 anos trabalhou na indústria automobilística: da Internacional, em Santo André, à Autolatina. Vicente Morari, o pai, nasceu em Mogi Mirim; a mãe, Eugenia Frigo Morare, é filha de portugueses. Ademir cuida do projeto de revitalização do conjunto IAPI, na Vila Guiomar.

- Interventor federal em São Paulo, Fernando Costa, assina o decreto número 14.409, que aprova o regimento do Conselho Estadual de Bibliotecas e Museus.

1959 – Maestro João Silvério da Silva, o João Gomes, autor da música do Hino de São Bernardo, com letra de Wallace Simonsen, recebe o título de cidadão são-bernardense, por propositura do vereador Laerte Francisco Pinchiari.

- Professores Oscar Garbelotto e José de Souza Martins idealizam o primeiro regimento do Museu de São Caetano

1964 – A Polícia Montada de São Bernardo inicia suas atividades.

1974 – Santo André anuncia uma nova estação ferroviária. A antiga seria desmanchada e erguida em outro local, como relíquia histórica, o que nunca aconteceu.

News Seller há 50 Anos

Domingo, 27 de dezembro de 1964 – ano 7, nº 347

Manchete – Presidente Castelo Branco visitará o ABC

Variedades – Palhaço Arrelia encanta Natal da criança. Ele e Henrique, da sua trupe, animaram crianças em espetáculo no Teatro do Alumínio, em Santo André.

Futebol de Salão – Na final do Torneio News Seller, o Primeiro de Maio venceu o Ribeirão Pires por 3 a 1. Pelo Primeiro de Maio, os campeões: Luiz, Lorivilson, Mineiro, Egidio, Fábio e Eloy; pelo Ribeirão, os vice-campeões: Carlão, Moreno, Arsênio, Adnan, Luizinho e Zeca.

Diário há 30 anos

Sexta-feira, 28 de dezembro de 1984 – ano 27, nº 5709

Manchete – Gasolina passa a custar Cr$ 1.710 e álcool, 1.110; correção monetária bate recorde

Meio Ambiente – Cetesb faz vistoria na Recap, em Capuava.

Santo André – Correio reabre no Parque das Nações.

Ribeirão Pires – Prefeito Valdirio Prisco dá posse a três secretários: vice-prefeito Farah Rasga acumula Cultura, Esportes e Turismo; Neuza Aparecida Figueiredo Ortiz assume a Educação; Leonardo Barbagallo cuida da Saúde e Promoção Social.

Estradas – Tráfego pelo Caminho do Mar será liberado.

Polícia – Detido com dólares falsos em Santo André.

Hoje

- Dia do Salva-Vidas

- Dia da Marinha Mercante

- A Igreja recorda os meninos inocentes de Belém e arredores, de idade inferior a dois anos, que foram arrancados de suas mães e assassinados cruelmente, por ordem de Herodes.

Santos do dia

- Sagrada Família. Festa móvel. O projeto de Deus para a redenção de toda a humanidade tem como centro a encarnação do seu Filho como homem vivendo entre nós. Quis que seu amado Filho fosse o exemplo de tudo. Por isso ele foi acolhido no seio de uma verdadeira família. Uma humilde, boa e honrada família, ligada pela fé e os bons costumes. Ele escolheu, seus anjos agiram e a Sagrada Família foi constituída.

Fonte: Portal Paulinas.

- Antonio de Lérins

- Donião

- Teófila



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A fotografia na vida de Antenor

Isa Yara Coradi Carraro é uma memorialista nata, herança do pai...

Ademir Medici

28/12/2014 | 07:00


Isa Yara Coradi Carraro é uma memorialista nata, herança do pai também escritor e da base obtida nos tempos do Colégio São José, o Colégio das Irmãs de São Bernardo. Ela define a história do pai fotógrafo em capítulos com começo, meio e fim, inclusive selecionando fotos, idealizando legendas, deixando um gancho para o capítulo seguinte. Para vocês terem uma ideia, o título principal da Memória de hoje é dela também, nossa nova parceira.

Uma base em Santo Amaro

Texto: Isa Coradi

Mário Censon era casado com Ercilia Corradi (com dois erres), irmã de Daniel, o pai de Antenor Coradi. Em 1933, Censon mudou-se para Santo Amaro e montou fabrica de móveis. Convidou o sobrinho Antenor para trabalhar com ele de marceneiro. O convite foi aceito.

Já naquela época Antenor gostava muito de fotografias e, por conseguinte, de paisagens. Em um laboratório improvisado revelava e ampliava suas fotos. No mês de maio, em Santo Amaro, tradicionalmente se realizava a Festa do Divino, com atividades religiosas e quermesse. Com seu primo Floriano Scatollin, Antenor teve a ideia de montar uma barraca de tiro ao alvo. O atirador acertando o alvo, disparava uma máquina de fotografias. Imediatamente a foto era revelada e entregue ao ‘bom atirador’.

Pelos anos seguintes, Antenor exerceria diversas atividades, sempre tentando ganhar o suficiente para o sustento da família. Já estava casado, tinha dois filhos. Em busca de um bom emprego, foi trabalhar na repartição de águas da prefeitura paulistana. Foi dono de bar, de loja de calçados, mas sempre que não dava certo, voltava a trabalhar como marceneiro.

Santo Amaro e marcenaria: só podiam dar São Bernardo, a Capital dos Móveis e do futuro Foto Studio Amaro, como se verá.

DATAS

1908, 14 de setembro – Antenor nasce em Rio Claro (SP), filho de Daniel e Maria Coradi.

1936, 23 de junho – O casamento com Sofia Juncker.

1937, junho – O nascimento do filho Carlos Daniel.

1938, 9 de setembro – O nascimento da filha Isa Yara.

Em 28 de dezembro de...

1804 – Recenseamento realizado na Capitania de São Paulo indica população de 36.163 habitantes para a capital, que incluía, como bairro periférico, o atual Grande ABC, futura freguesia.

1889 – Thereza Cristina, ex-imperatriz do Brasil, mulher de Dom Pedro II, morre na cidade do Porto aos 67 anos.

1899 – Luiz Dumont Villares nasce na cidade do Porto, em Portugal. Industrial brasileiro, criador de duas indústrias históricas do Grande ABC, Aços Villares e Equipamentos Villares.

1904 – Professor Pantaleão da Lapa Trancoso requer transferência da Escola de Mato Dentro para a da Estação do Rio Grande (da Serra), em São Bernardo.

1914 – A guerra. Da manchete do Estadão: “Os franceses lançam bombas sobre hangares alemães, na gare de Mets e nos quartéis de Saint Privas e Metz.”

1929 – Realizada mais uma quermesse na Praça do Carmo, em Santo André, pelas obras da Igreja do Carmo e do Colégio Padre Capra. Abrilhantam a festa, em revezamento, as duas corporações musicais da cidade, Lyra e Liberdade. A barraca França institui um concurso para a eleição da Miss Quermesse.

1944 – Ademir Tadeu Morare nasce no bairro Paraíso, em Santo André. Administrador de empresas. Desde os 14 anos trabalhou na indústria automobilística: da Internacional, em Santo André, à Autolatina. Vicente Morari, o pai, nasceu em Mogi Mirim; a mãe, Eugenia Frigo Morare, é filha de portugueses. Ademir cuida do projeto de revitalização do conjunto IAPI, na Vila Guiomar.

- Interventor federal em São Paulo, Fernando Costa, assina o decreto número 14.409, que aprova o regimento do Conselho Estadual de Bibliotecas e Museus.

1959 – Maestro João Silvério da Silva, o João Gomes, autor da música do Hino de São Bernardo, com letra de Wallace Simonsen, recebe o título de cidadão são-bernardense, por propositura do vereador Laerte Francisco Pinchiari.

- Professores Oscar Garbelotto e José de Souza Martins idealizam o primeiro regimento do Museu de São Caetano

1964 – A Polícia Montada de São Bernardo inicia suas atividades.

1974 – Santo André anuncia uma nova estação ferroviária. A antiga seria desmanchada e erguida em outro local, como relíquia histórica, o que nunca aconteceu.

News Seller há 50 Anos

Domingo, 27 de dezembro de 1964 – ano 7, nº 347

Manchete – Presidente Castelo Branco visitará o ABC

Variedades – Palhaço Arrelia encanta Natal da criança. Ele e Henrique, da sua trupe, animaram crianças em espetáculo no Teatro do Alumínio, em Santo André.

Futebol de Salão – Na final do Torneio News Seller, o Primeiro de Maio venceu o Ribeirão Pires por 3 a 1. Pelo Primeiro de Maio, os campeões: Luiz, Lorivilson, Mineiro, Egidio, Fábio e Eloy; pelo Ribeirão, os vice-campeões: Carlão, Moreno, Arsênio, Adnan, Luizinho e Zeca.

Diário há 30 anos

Sexta-feira, 28 de dezembro de 1984 – ano 27, nº 5709

Manchete – Gasolina passa a custar Cr$ 1.710 e álcool, 1.110; correção monetária bate recorde

Meio Ambiente – Cetesb faz vistoria na Recap, em Capuava.

Santo André – Correio reabre no Parque das Nações.

Ribeirão Pires – Prefeito Valdirio Prisco dá posse a três secretários: vice-prefeito Farah Rasga acumula Cultura, Esportes e Turismo; Neuza Aparecida Figueiredo Ortiz assume a Educação; Leonardo Barbagallo cuida da Saúde e Promoção Social.

Estradas – Tráfego pelo Caminho do Mar será liberado.

Polícia – Detido com dólares falsos em Santo André.

Hoje

- Dia do Salva-Vidas

- Dia da Marinha Mercante

- A Igreja recorda os meninos inocentes de Belém e arredores, de idade inferior a dois anos, que foram arrancados de suas mães e assassinados cruelmente, por ordem de Herodes.

Santos do dia

- Sagrada Família. Festa móvel. O projeto de Deus para a redenção de toda a humanidade tem como centro a encarnação do seu Filho como homem vivendo entre nós. Quis que seu amado Filho fosse o exemplo de tudo. Por isso ele foi acolhido no seio de uma verdadeira família. Uma humilde, boa e honrada família, ligada pela fé e os bons costumes. Ele escolheu, seus anjos agiram e a Sagrada Família foi constituída.

Fonte: Portal Paulinas.

- Antonio de Lérins

- Donião

- Teófila

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;