Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Portillo, para poucos e bons

Eleita a melhor da América Latina em 2013, estação chilena mantém tradição de grandes aventuras


Andréa Ciaffone
do Diário do Grande ABC

03/07/2014 | 07:07


Era 1887 quando uma empresa inglesa foi contratada para fazer uma ferrovia que ligaria Mendoza, na Argentina, a Santiago, no Chile, pelo caminho mais curto: os Andes. Diante da complexidade adicional trazida pela neve e pelas baixas temperaturas naquela região, a companhia contratou três engenheiros noruegueses para fazer os estudos de inverno e concretizar a façanha.
Para entender os desafios do projeto, Elmar Rosenquist, Michel Hermundsen e Knud Berg resolveram fazer como em sua terra natal: colocaram os esquis e saíram pelas montanhas para mapear o percurso. Junto com informações para a construção da rodovia, trouxeram com eles o privilégio de terem sido os primeiros humanos a esquiar no local que viria a ser eleito, mais de um século depois, como a melhor estação de esqui do Chile segundo a premiação World Ski Awards.
Ao longo da construção da ferrovia, os engenheiros ingleses e noruegueses usavam os esquis como meio de transporte e recreação. A ferrovia foi inaugurada em 1910 e desativada nos anos 1970, mas o esqui naquela região chilena nunca descarrilou. Pelo contrário, Portillo é considerada a locomotiva entre as estações de esqui do país e, aos 65 anos, continua tão jovem e sedutora quanto a sua neve fofa.
Para comemorar o aniversário, Portillo programou muitas atividades e promete aos hóspedes um clima de festa permanente ao longo de toda a temporada, que se encerra em 4 de outubro. E uma festa bem VIP. O resort comporta pouco mais de 450 pessoas por semana, distribuídas em 123 apartamentos com várias configurações no Hotel Portillo.
O conforto das acomodações e o serviço atencioso são lendários e se justificam pela qualidade da mão de obra. Cerca de 400 funcionários colaboram para fazer a experiência do visitante ser inigualável. Quem vê a eficiência do hotel hoje não imagina o quanto seu começo foi difícil. Desde 1909, os esquiadores queriam uma base naquela região, que foi chamada de Portillo por ser uma pequena passagem nos Andes. Guerras mundiais e problemas de todo tipo atrasaram a construção de um hotel ali, mas em 1949 finalmente o Gran Hotel Portillo foi inaugurado. Na primeira década, o empreendimento, que era estatal, não deu os resultados esperados e acabou sendo privatizado em 1960. Sob nova direção, floresceu.
Hoje são 34 pistas para todos os níveis de esquiadores e snowboarders, 14 meios de elevação e uma ampla área fora de pista, com clima de cidade pequena, que cativa as pessoas.
Muitos brasileiros são assíduos frequentadores e desenvolveram uma camaradagem muito especial com os funcionários. Por isso, entre os eventos desta temporada, Portillo promete festa nos dias de jogo do Brasil na Copa – especialmente agora, que o Chile não está mais no páreo. As partidas serão transmitidas em telões e também no cinema. Como as estadias são de uma semana, o resort criou uma programação que inclui ciclos de cinema retrô, tours históricos, cardápios especiais, eventos gastronômicos e festas.
Um dos diferenciais de Portillo é a qualidade da gastronomia. Os menus, com deliciosas receitas do talentoso chef Rafael Figueroa, encontram nos vinhos chilenos parceiros poderosos – especialmente os rótulos Alma Viva, que estão entre os melhores do mundo.
Em caso de dúvida o maître do restaurante, conhecido como Don Juan, pode ser acionado. Com seu jeito simpático, ele faz o clima do restaurante ser ainda mais agradável. Para quem tiver energia, o fim de noite pode ser curtido no bar do hotel, que tem música ao vivo, ou na discoteca.
Um dos eventos mais esperados na estação é o esqui sob a lua cheia. Quem quiser curtir essa experiência sensacional deve ficar atento ao calendário. A programação de esqui noturno será na pista Las Lomas e foi marcada para os dias 12 de julho, 10 de agosto e 8 de setembro.
Já para as crianças, a novidade são as jaquetas de segurança, que reduzem os riscos de contusões nas divertidas aulas de esqui e snowboard. Os baixinhos também contam com opções de aprés-ski, como as lindas piscinas, aulas de zumba e brincadeiras com monitores.
Aliás, a piscina e a jacuzzi de Portillo foram eleitas entre as dez mais bonitas dos mundo pelo USA Today, jornal de maior circulação dos Estados Unidos. Mais mérito da natureza exuberante dos Andes do que dos engenheiros.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;