Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Filho de jornalista chinesa morta escreve a Clinton


Do Diário do Grande ABC

09/05/1999 | 15:20


O filho de uma jornalista chinesa, morta durante o ataque da Otan contra a embaixada da China em Belgrado, escreveu ao presidente dos EUA, Bill Clinton, pedindo o fim dos bombardeios, anunciou este domingo, em Bucareste, a agência Rompres.

``Escute a voz poderosa da paz, ponha fim aos bombardeios! Faça o necessário para que a tragédia nao se repita'', escreveu o jovem Cao Lei, 19 anos, que vive em Bucareste. A mensagem foi publicada pela agência Rompres.

``Nao consigo entender como um Estado poderoso e democrático como o seu pode aterrorizar um pequeno país como a Iugoslávia'', prossegue. ``Você comete crimes! Ninguém acredita que o ataque da Otan contra a embaixada da China foi um acidente - muito menos eu''.

O filho da jornalista Shao Yunhuan, enviada especial a Belgrado da agência oficial Nova China, afirma que seu pai, diplomata radicado em Belgrado, também foi ferido nesse ataque.

Cao Lei anunciou ter entregue a carta ao embaixador dos EUA em Bucareste, James Rosapeppe, segundo a agência.

O bombardeio da embaixada da China em Belgrado matou quatro pessoas e deixou 20 feridas, segundo a agência oficial iugoslava Tanjug.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;