Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Motorista de lotaçao é assassinado em SP


Do Diário do Grande ABC

20/01/2000 | 10:46


O motorista de lotaçao Vanderlei de Moraes Cordeiro, 32 anos, foi assassinado na noite de quarta-feira, com dois tiros, quando chegava em sua residência na Zona Leste de Sao Paulo. O cobrador Aluízio Joaquim da Silva, 32 anos, que estava com Vanderlei também foi baleado e está internado no Hospital Geral de Guaianases. O crime aconteceu por volta das 21h30, quando eles estacionavam a perua Kombi, branca, de placa BOM-4615, à avenida Otaro Kanai, 755, na Cohab Juscelino Kubitscheck, onde residem.

Vanderlei foi baleado na cabeça e nas costas; Aluízio, que tem passagem na polícia por assalto, foi baleado nas costas. Mônica Adriano da Silva, 29 anos, mulher de Aluízio, estava na Kombi e, no momento dos disparos, conseguiu se esconder. No depoimento aos policiais do 44º DP em Guaianases, Mônica disse que nao viu a pessoa que atirou e que desconhece os motivos do crime.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Motorista de lotaçao é assassinado em SP

Do Diário do Grande ABC

20/01/2000 | 10:46


O motorista de lotaçao Vanderlei de Moraes Cordeiro, 32 anos, foi assassinado na noite de quarta-feira, com dois tiros, quando chegava em sua residência na Zona Leste de Sao Paulo. O cobrador Aluízio Joaquim da Silva, 32 anos, que estava com Vanderlei também foi baleado e está internado no Hospital Geral de Guaianases. O crime aconteceu por volta das 21h30, quando eles estacionavam a perua Kombi, branca, de placa BOM-4615, à avenida Otaro Kanai, 755, na Cohab Juscelino Kubitscheck, onde residem.

Vanderlei foi baleado na cabeça e nas costas; Aluízio, que tem passagem na polícia por assalto, foi baleado nas costas. Mônica Adriano da Silva, 29 anos, mulher de Aluízio, estava na Kombi e, no momento dos disparos, conseguiu se esconder. No depoimento aos policiais do 44º DP em Guaianases, Mônica disse que nao viu a pessoa que atirou e que desconhece os motivos do crime.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;