Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Thiago Monteiro perde de virada para argentino e cai nas quartas em Buenos Aires



18/02/2017 | 00:45


O brasileiro Thiago Monteiro lutou bastante, foi superior em alguns momentos da partida, mas não teve forças no final. Nesta sexta-feira, o tenista cearense foi derrotado de virada pelo argentino Carlos Berlocq por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 6/2 e 6/3, em pouco mais de 2 horas - e caiu nas quartas de final do ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina, disputado em quadras de saibro.

A derrota nesta sexta-feira impediu mais uma vez que Thiago Monteiro chegasse em sua primeira semifinal em um torneio de nível ATP - as outras foram no Brasil Open, em São Paulo, e em Gstaad, na Suíça, ambos no ano passado. No ranking mundial, o brasileiro deverá cair uma posição - da 84.ª para a 85.ª - por somar os mesmos pontos da campanha do Rio Open de 2016.

Agora o tenista brasileiro segue para o Rio, onde a partir de segunda-feira disputará o Rio Open, um ATP 500 em quadras de saibro no Jockey Club Brasileiro. Thiago Monteiro tem lugar na chave principal, assim como Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva, e conhecerá no sorteio deste sábado o seu primeiro adversário.

Já Carlos Berlocq terá pela frente neste sábado um duro rival: Kei Nishikori. Cabeça de chave número 1 em Buenos Aires e quinto colocado do ranking mundial da ATP, o japonês teve uma partida bem mais fácil do que na estreia e superou o português João Sousa, sexto pré-classificado, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/1 e 6/4.

No outro lado da chave, dois tenistas europeus. No primeiro jogo desta sexta-feira, sob forte calor, o espanhol Pablo Carreño Busta, cabeça de chave número 4, derrotou o compatriota Albert Ramos Viñolas, quinto pré-classificado, por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4. Seu rival será o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que bateu o austríaco Gerald Melzer por 7/5 e 6/4.

NA HOLANDA - Depois que o francês Jo-Wilfried Tsonga e o checo Tomas Berdych conseguiram suas classificações para se enfrentarem nas semifinais, o ATP 500 de Roterdã, na Holanda, teve uma grande surpresa nas quartas de final. O austríaco Dominic Thiem, cabeça de chave número 2, foi eliminado pelo francês Pierre-Hugues Herbert por 6/4 e 7/6 (7/3).

Na disputa por uma vaga na grande decisão, neste sábado, Pierre-Hugues Herbert, especialista em duplas, terá pela frente o belga David Goffin, cabeça 3, que ganhou do búlgaro Grigor Dimitrov, quinto pré-classificado, por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 1/6 e 6/3.

NOS ESTADOS UNIDOS - Nas quartas de final do ATP 250 de Memphis, uma surpresa. O norte-americano Steve Johnson, cabeça de chave número 4, caiu para o casaque Mikhail Kukushkin por 2 sets a 0, com direito a um "pneu" - parciais de 6/0 e 6/4.

Seu adversário na semifinal, neste sábado, será o georgiano Nikoloz Basilashvili, algoz do croata Ivo Karlovic - cabeça de chave número 1 -, que derrotou o australiano Matthew Ebden por 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4.

FEMININO - O WTA de Doha, no Catar, muito prejudicado nesta semana por causa da chuva, teve jogos de quartas de final e de semifinal nesta sexta-feira. Com a programação apertada, as duas finalistas - a checa Karolina Pliskova e a dinamarquesa Caroline Wozniacki - tiveram que jogar duas vezes no mesmo dia.

Para chegar à decisão, Pliskova, a cabeça de chave número 2, bateu primeiro a chinesa Shuai Zhang por 2 sets a 0 (parciais de 6/2 e 6/0). Depois, derrotou a eslovaca Dominika Cibulkova, terceira pré-classificada e que já estava garantida na semifinal desde quinta-feira, por 2 a 1 - parciais de 6/4, 4/6 e 6/3.

No outro lado da chave, Caroline Wozniacki eliminou a norte-americana Lauren Davis nas quartas de final com uma fácil vitória por 2 sets a 0 (7/5 e 6/1). Pela mesma fase, a porto-riquenha Monica Puig, campeã olímpica no Rio-2016, bateu de virada a russa Darya Kasatkina por 2 a 1 - parciais de 4/6, 7/5 e 6/4. Na semi, a dinamarquesa foi bem superior e ganhou com as tranquilas parciais de 6/1 e 6/2.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Thiago Monteiro perde de virada para argentino e cai nas quartas em Buenos Aires


18/02/2017 | 00:45


O brasileiro Thiago Monteiro lutou bastante, foi superior em alguns momentos da partida, mas não teve forças no final. Nesta sexta-feira, o tenista cearense foi derrotado de virada pelo argentino Carlos Berlocq por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 6/2 e 6/3, em pouco mais de 2 horas - e caiu nas quartas de final do ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina, disputado em quadras de saibro.

A derrota nesta sexta-feira impediu mais uma vez que Thiago Monteiro chegasse em sua primeira semifinal em um torneio de nível ATP - as outras foram no Brasil Open, em São Paulo, e em Gstaad, na Suíça, ambos no ano passado. No ranking mundial, o brasileiro deverá cair uma posição - da 84.ª para a 85.ª - por somar os mesmos pontos da campanha do Rio Open de 2016.

Agora o tenista brasileiro segue para o Rio, onde a partir de segunda-feira disputará o Rio Open, um ATP 500 em quadras de saibro no Jockey Club Brasileiro. Thiago Monteiro tem lugar na chave principal, assim como Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva, e conhecerá no sorteio deste sábado o seu primeiro adversário.

Já Carlos Berlocq terá pela frente neste sábado um duro rival: Kei Nishikori. Cabeça de chave número 1 em Buenos Aires e quinto colocado do ranking mundial da ATP, o japonês teve uma partida bem mais fácil do que na estreia e superou o português João Sousa, sexto pré-classificado, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/1 e 6/4.

No outro lado da chave, dois tenistas europeus. No primeiro jogo desta sexta-feira, sob forte calor, o espanhol Pablo Carreño Busta, cabeça de chave número 4, derrotou o compatriota Albert Ramos Viñolas, quinto pré-classificado, por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4. Seu rival será o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que bateu o austríaco Gerald Melzer por 7/5 e 6/4.

NA HOLANDA - Depois que o francês Jo-Wilfried Tsonga e o checo Tomas Berdych conseguiram suas classificações para se enfrentarem nas semifinais, o ATP 500 de Roterdã, na Holanda, teve uma grande surpresa nas quartas de final. O austríaco Dominic Thiem, cabeça de chave número 2, foi eliminado pelo francês Pierre-Hugues Herbert por 6/4 e 7/6 (7/3).

Na disputa por uma vaga na grande decisão, neste sábado, Pierre-Hugues Herbert, especialista em duplas, terá pela frente o belga David Goffin, cabeça 3, que ganhou do búlgaro Grigor Dimitrov, quinto pré-classificado, por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 1/6 e 6/3.

NOS ESTADOS UNIDOS - Nas quartas de final do ATP 250 de Memphis, uma surpresa. O norte-americano Steve Johnson, cabeça de chave número 4, caiu para o casaque Mikhail Kukushkin por 2 sets a 0, com direito a um "pneu" - parciais de 6/0 e 6/4.

Seu adversário na semifinal, neste sábado, será o georgiano Nikoloz Basilashvili, algoz do croata Ivo Karlovic - cabeça de chave número 1 -, que derrotou o australiano Matthew Ebden por 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4.

FEMININO - O WTA de Doha, no Catar, muito prejudicado nesta semana por causa da chuva, teve jogos de quartas de final e de semifinal nesta sexta-feira. Com a programação apertada, as duas finalistas - a checa Karolina Pliskova e a dinamarquesa Caroline Wozniacki - tiveram que jogar duas vezes no mesmo dia.

Para chegar à decisão, Pliskova, a cabeça de chave número 2, bateu primeiro a chinesa Shuai Zhang por 2 sets a 0 (parciais de 6/2 e 6/0). Depois, derrotou a eslovaca Dominika Cibulkova, terceira pré-classificada e que já estava garantida na semifinal desde quinta-feira, por 2 a 1 - parciais de 6/4, 4/6 e 6/3.

No outro lado da chave, Caroline Wozniacki eliminou a norte-americana Lauren Davis nas quartas de final com uma fácil vitória por 2 sets a 0 (7/5 e 6/1). Pela mesma fase, a porto-riquenha Monica Puig, campeã olímpica no Rio-2016, bateu de virada a russa Darya Kasatkina por 2 a 1 - parciais de 4/6, 7/5 e 6/4. Na semi, a dinamarquesa foi bem superior e ganhou com as tranquilas parciais de 6/1 e 6/2.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;