Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Peru exige pagamento por danos causados ao país no escândalo da Odebrecht



18/02/2017 | 00:00


O Peru exigiu hoje US$ 61 milhões como reparação civil a vários acusados em um caso de suborno da construtora brasileira Odebrecht, incluindo ao ex-presidente Alejandro Toledo e a um ex-representante da empresa no país.

O pedido foi realizado por uma advogada do Estado ante o juiz Richard Concepción, que na semana passada aceitou a acusação e o pedido de prisão preventiva de Toledo por supostamente ter recebido US$ 20 milhões para ajudar a Odebrecht a obter a licitação de uma estrada.

A advogada Katherine Ampuero pediu para que Toledo, seu amigo e testa de ferro, Josef Maiman, o ex-representante da Odebrecht, Jorge Barata, e outras cinco pessoas envolvidas no escândalo pagassem pelos danos.

No ano passado, a Odebrecht admitiu ao Departamento de Estado dos Estados Unidos que pagou cerca de US$ 800 milhões em subornos a políticos de vários países latino-americanos. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Peru exige pagamento por danos causados ao país no escândalo da Odebrecht


18/02/2017 | 00:00


O Peru exigiu hoje US$ 61 milhões como reparação civil a vários acusados em um caso de suborno da construtora brasileira Odebrecht, incluindo ao ex-presidente Alejandro Toledo e a um ex-representante da empresa no país.

O pedido foi realizado por uma advogada do Estado ante o juiz Richard Concepción, que na semana passada aceitou a acusação e o pedido de prisão preventiva de Toledo por supostamente ter recebido US$ 20 milhões para ajudar a Odebrecht a obter a licitação de uma estrada.

A advogada Katherine Ampuero pediu para que Toledo, seu amigo e testa de ferro, Josef Maiman, o ex-representante da Odebrecht, Jorge Barata, e outras cinco pessoas envolvidas no escândalo pagassem pelos danos.

No ano passado, a Odebrecht admitiu ao Departamento de Estado dos Estados Unidos que pagou cerca de US$ 800 milhões em subornos a políticos de vários países latino-americanos. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;