Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Bulevar de Mauá abre nesta quinta com show de axé e interdição de via


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

11/08/2005 | 08:09


O bulevar que liga as partes alta e baixa de Mauá será aberto nesta quinta-feira, às 18h. O corredor é semelhante a uma passarela. Segue da praça 22 de Novembro, no Centro, até a avenida Capitão João, no bairro Matriz, ao longo de 198 metros de extensão. A inauguração da obra, que custou R$ 5,7 milhões ao município, ocorre após oito meses da data prevista no cronograma inicial da Prefeitura.

Tanta demora se deve à dificuldade encontrada pelo município para transpor o bulevar sobre a linha da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) – que divide Mauá entre as partes alta e baixa. "Fui procurá-los (CPTM) para negociar. Caso contrário, a obra não sairia do lugar", afirma o secretário de Obras da cidade, Admir Jacomussi. A negociação iniciada pela gestão anterior durou cerca de seis meses.

As rachaduras que surgiram no calçadão da avenida Capitão João, onde a estrutura desemboca, foram tampadas; pichações na estrutura da obra, apagadas. O único serviço pendente dentro do projeto original é uma escada que permite o acesso do bulevar ao terminal rodoviário. "Para abrirmos o acesso, precisamos ter a nova rodoviária operando", afirma Jacomussi.

A inauguração agradou aos comerciantes da avenida Capitão João. Isolados pelo rebaixamento do corredor, previsto dentro do projeto do bulevar, muitos viram as vendas despencarem. "Despedi meus dois funcionários e dependo da ajuda da minha família, que teve que sair para trabalhar na rua para me ajudar a manter o negócio. Com o que ganho aqui, não consigo pagar as despesas", diz Francisca Alves, 47 anos, dona de uma lanchonete.

Para inauguração do bulevar, será interditado um trecho de 50 metros entre a avenida Barão de Mauá e a praça 22 de Novembro. No local, será montado um palco para o show do cantor de axé Cecéu Muniz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bulevar de Mauá abre nesta quinta com show de axé e interdição de via

Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

11/08/2005 | 08:09


O bulevar que liga as partes alta e baixa de Mauá será aberto nesta quinta-feira, às 18h. O corredor é semelhante a uma passarela. Segue da praça 22 de Novembro, no Centro, até a avenida Capitão João, no bairro Matriz, ao longo de 198 metros de extensão. A inauguração da obra, que custou R$ 5,7 milhões ao município, ocorre após oito meses da data prevista no cronograma inicial da Prefeitura.

Tanta demora se deve à dificuldade encontrada pelo município para transpor o bulevar sobre a linha da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) – que divide Mauá entre as partes alta e baixa. "Fui procurá-los (CPTM) para negociar. Caso contrário, a obra não sairia do lugar", afirma o secretário de Obras da cidade, Admir Jacomussi. A negociação iniciada pela gestão anterior durou cerca de seis meses.

As rachaduras que surgiram no calçadão da avenida Capitão João, onde a estrutura desemboca, foram tampadas; pichações na estrutura da obra, apagadas. O único serviço pendente dentro do projeto original é uma escada que permite o acesso do bulevar ao terminal rodoviário. "Para abrirmos o acesso, precisamos ter a nova rodoviária operando", afirma Jacomussi.

A inauguração agradou aos comerciantes da avenida Capitão João. Isolados pelo rebaixamento do corredor, previsto dentro do projeto do bulevar, muitos viram as vendas despencarem. "Despedi meus dois funcionários e dependo da ajuda da minha família, que teve que sair para trabalhar na rua para me ajudar a manter o negócio. Com o que ganho aqui, não consigo pagar as despesas", diz Francisca Alves, 47 anos, dona de uma lanchonete.

Para inauguração do bulevar, será interditado um trecho de 50 metros entre a avenida Barão de Mauá e a praça 22 de Novembro. No local, será montado um palco para o show do cantor de axé Cecéu Muniz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;