Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Estados Unidos recuperam o ouro olímpico no basquete masculino


Da AFP

24/08/2008 | 05:34


Os Estados Unidos recuperaram a medalha de ouro no basquete olímpico masculino ao vencer na final dos Jogos de Pequim a Espanha por 118 a 107, em uma partida histórica disputada no Ginásio Olímpico de Wukesong, o 'Cubo D'Ouro'.

Este foi 13º título olímpico dos Estados Unidos no basquete masculino, mas a primeira internacional desde o ouro nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000, depois do bronze em Atenas-2004, do terceiro lugar no Mundial do Japão-2006 e da humilhante sexta colocação no Mundial de Indianápolis-2002.

Kobe Bryant demonstrou porque é considerado o melhor jogador do mundo na atualidade com 13 pontos - de seus 20 na partida - e duas assistências no último quarto, liderando o que os norte-americanos chamam de 'Redeem Team' (o 'Time da Redenção') na reconquista da medalha de ouro perdida há quatro anos em Atenas.

A Espanha, atual campeã mundial, chegou a reduzir a vantagem americana para dois pontos (91-89) a 8 minutos e 13 segundos do fim, mas no final a seleção dos Estados Unidos teve frieza para definir a partida.

O cestinha da partida foi Dwayne Wade, com 27 pontos. Do lado espanhol, os destaques foram Rudy Fernández (22) e Pau Gasol (21).

Desta maneira, a seleção formada por Carlos Boozer, Jason Kidd, LeBron James, Deron Williams, Michael Redd, Dwyane Wade, Kobe Bryant, Dwight Howard, Chris Bosh, Chris Paul, Tayshaun Prince e Carmelo Anthony conseguiu cumprir a promessa de levar a maior potência do basquete de volta ao lugar mais alto do pódio olímpico.

A Argentina conquistou a medalha de bronze, ao vencer na disputa do terceiro lugar a Lituânia por 87 a 75.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estados Unidos recuperam o ouro olímpico no basquete masculino

Da AFP

24/08/2008 | 05:34


Os Estados Unidos recuperaram a medalha de ouro no basquete olímpico masculino ao vencer na final dos Jogos de Pequim a Espanha por 118 a 107, em uma partida histórica disputada no Ginásio Olímpico de Wukesong, o 'Cubo D'Ouro'.

Este foi 13º título olímpico dos Estados Unidos no basquete masculino, mas a primeira internacional desde o ouro nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000, depois do bronze em Atenas-2004, do terceiro lugar no Mundial do Japão-2006 e da humilhante sexta colocação no Mundial de Indianápolis-2002.

Kobe Bryant demonstrou porque é considerado o melhor jogador do mundo na atualidade com 13 pontos - de seus 20 na partida - e duas assistências no último quarto, liderando o que os norte-americanos chamam de 'Redeem Team' (o 'Time da Redenção') na reconquista da medalha de ouro perdida há quatro anos em Atenas.

A Espanha, atual campeã mundial, chegou a reduzir a vantagem americana para dois pontos (91-89) a 8 minutos e 13 segundos do fim, mas no final a seleção dos Estados Unidos teve frieza para definir a partida.

O cestinha da partida foi Dwayne Wade, com 27 pontos. Do lado espanhol, os destaques foram Rudy Fernández (22) e Pau Gasol (21).

Desta maneira, a seleção formada por Carlos Boozer, Jason Kidd, LeBron James, Deron Williams, Michael Redd, Dwyane Wade, Kobe Bryant, Dwight Howard, Chris Bosh, Chris Paul, Tayshaun Prince e Carmelo Anthony conseguiu cumprir a promessa de levar a maior potência do basquete de volta ao lugar mais alto do pódio olímpico.

A Argentina conquistou a medalha de bronze, ao vencer na disputa do terceiro lugar a Lituânia por 87 a 75.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;