Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estudantes acreditam no trabalho em equipe para mudar o mundo

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alunos de seis escolas de São Bernardo soltam a imaginação para escrever sobre o futuro


Drielly Gaspar
Especial para o Diário

22/08/2013 | 07:00


Alunos de seis escolas de São Bernardo que participaram ontem do Desafio de Redação acreditam que o trabalho em equipe muda o mundo. Eles escreveram sobre o tema da sétima edição do concurso: 2020: o que eu posso fazer para mudar o meu mundo?

O estudante do segundo ano da EE Professor Joaquim Moreira Bernardes, no Jardim Silvina, Jean Rocha Santos, 16 anos, afirma que é preciso trabalho em equipe e que as pessoas devem prestar mais atenção no que fazem para si e para os outros. “Depois de avaliar todas as ações, basta plantar a semente da conscientização para que a motivação de mudar as coisas possa existir. Já o aluno do 2º ano do Ensino Médio da EE Maria Regina Demarchi Fanani, no bairro Demarchi, Diogo Silva Ribeiro Júnior, 16, acha que a maneira como o tema foi colocado abre várias possibilidades de pensamento, mas, para ele, muitos participantes escreverão sobre o mesmo assunto. “Mesmo sendo amplo, acredito que a maioria vai pensar no meio ambiente.”

Sua colega de classe Thais Scaramuzza, 15, acredita que melhorias em diversas áreas precisam ser feitas, mas que isso depende de reflexão pessoal. “É necessário que cada um tenha ideias possíveis, porque não é qualquer coisa que pode melhorar o mundo.”

“Muitas pessoas não pensam no que é política e economicamente correto, simplesmente acreditam que as mudanças têm que ser do jeito que elas imaginaram”, acredita o aluno do 9º ano Renan Felipo Losano, 13. O estudante ainda diz que, para acontecer, as boas ideias precisam ser disseminadas. “Tem que ser um trabalho em larga escala, com a participação de todos.”

O Desafio é promovido pelo Diário, correalizado pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano), patrocinado pela Petrobras e tem o apoio da Ecovias. A melhor redação entre os alunos do último ano do Ensino Médio será premiada com bolsa de estudos na USCS.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estudantes acreditam no trabalho em equipe para mudar o mundo

Alunos de seis escolas de São Bernardo soltam a imaginação para escrever sobre o futuro

Drielly Gaspar
Especial para o Diário

22/08/2013 | 07:00


Alunos de seis escolas de São Bernardo que participaram ontem do Desafio de Redação acreditam que o trabalho em equipe muda o mundo. Eles escreveram sobre o tema da sétima edição do concurso: 2020: o que eu posso fazer para mudar o meu mundo?

O estudante do segundo ano da EE Professor Joaquim Moreira Bernardes, no Jardim Silvina, Jean Rocha Santos, 16 anos, afirma que é preciso trabalho em equipe e que as pessoas devem prestar mais atenção no que fazem para si e para os outros. “Depois de avaliar todas as ações, basta plantar a semente da conscientização para que a motivação de mudar as coisas possa existir. Já o aluno do 2º ano do Ensino Médio da EE Maria Regina Demarchi Fanani, no bairro Demarchi, Diogo Silva Ribeiro Júnior, 16, acha que a maneira como o tema foi colocado abre várias possibilidades de pensamento, mas, para ele, muitos participantes escreverão sobre o mesmo assunto. “Mesmo sendo amplo, acredito que a maioria vai pensar no meio ambiente.”

Sua colega de classe Thais Scaramuzza, 15, acredita que melhorias em diversas áreas precisam ser feitas, mas que isso depende de reflexão pessoal. “É necessário que cada um tenha ideias possíveis, porque não é qualquer coisa que pode melhorar o mundo.”

“Muitas pessoas não pensam no que é política e economicamente correto, simplesmente acreditam que as mudanças têm que ser do jeito que elas imaginaram”, acredita o aluno do 9º ano Renan Felipo Losano, 13. O estudante ainda diz que, para acontecer, as boas ideias precisam ser disseminadas. “Tem que ser um trabalho em larga escala, com a participação de todos.”

O Desafio é promovido pelo Diário, correalizado pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano), patrocinado pela Petrobras e tem o apoio da Ecovias. A melhor redação entre os alunos do último ano do Ensino Médio será premiada com bolsa de estudos na USCS.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;