Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Radiação de Fukushima
circulou ao redor do mundo

Até 80% do césio liberado pela usina Daiichi caiu no Oceano
Pacífico e viajou pelos oceanos do mundo, disseram cientistas



17/11/2011 | 03:06


A maior parte do vazamento radioativo que resultou do acidente na usina nuclear de Fukushima caiu no oceano e circulou o planeta, disseram pesquisadores japoneses. Até 80% do césio liberado pela usina Daiichi caiu no Oceano Pacífico e viajou pelos oceanos ao redor do mundo, afirmaram cientistas do Instituto de Pesquisa Meteorológica.

"O resto caiu na terra", em Fukushima e no entorno, disse Hiroshi Takahashi, pesquisador do instituto em Ibaraki, nordeste de Tóquio. "Os resultados mostram que o oceano foi mais contaminado que a terra, embora dados recentes tenham mostrado que a poluição oceânica resultante do acidente ficou bem abaixo dos níveis que afetam os seres humanos", disse Takahashi.

Pesquisadores afirmam que os materiais radioativos, incluindo o césio-137, um isótopo com meia-vida de mais de 30 anos, foram amplamente dispersados quando entraram nos oceanos e cada partícula mediria menos de um micrômetro - um sétimo do tamanho de um glóbulo vermelho do sangue humano. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Radiação de Fukushima
circulou ao redor do mundo

Até 80% do césio liberado pela usina Daiichi caiu no Oceano
Pacífico e viajou pelos oceanos do mundo, disseram cientistas


17/11/2011 | 03:06


A maior parte do vazamento radioativo que resultou do acidente na usina nuclear de Fukushima caiu no oceano e circulou o planeta, disseram pesquisadores japoneses. Até 80% do césio liberado pela usina Daiichi caiu no Oceano Pacífico e viajou pelos oceanos ao redor do mundo, afirmaram cientistas do Instituto de Pesquisa Meteorológica.

"O resto caiu na terra", em Fukushima e no entorno, disse Hiroshi Takahashi, pesquisador do instituto em Ibaraki, nordeste de Tóquio. "Os resultados mostram que o oceano foi mais contaminado que a terra, embora dados recentes tenham mostrado que a poluição oceânica resultante do acidente ficou bem abaixo dos níveis que afetam os seres humanos", disse Takahashi.

Pesquisadores afirmam que os materiais radioativos, incluindo o césio-137, um isótopo com meia-vida de mais de 30 anos, foram amplamente dispersados quando entraram nos oceanos e cada partícula mediria menos de um micrômetro - um sétimo do tamanho de um glóbulo vermelho do sangue humano. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;