Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 30 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

População do Grande ABC cresce 7,8% em 10 anos

Número de habitantes passou de 2.350.065 para 2.551.328


Angela Martins
Do Diário do Grande ABC

17/11/2011 | 07:00


O Grande ABC possui 2.551.328 habitantes, de acordo com dados divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O número indica aumento de 7,8% em relação ao Censo de 2000, quando as sete cidades da região possuíam 2.350.065 moradores. Apesar do crescimento, o ritmo está mais lento nesta década. Entre 1991 e 2000, a população cresceu 12,8%.

Segundo o estudo do IBGE, o declínio no crescimento da população não é privilégio apenas do Grande ABC. O número médio de filhos nascidos vivos por mulher ao fim de seu período fértil, no Brasil, foi de 1,86 filho em 2010, bem inferior ao do Censo 2000, de 2,38. A diminuição dos níveis de fecundidade ocorreu em todas as grandes regiões brasileiras. O padrão de fecundidade das mulheres também sofreu alterações entre 2000 e 2010.

A tendência observada até então era de rejuvenescimento, isso é, maior concentração dos níveis de fecundidade nas idades mais jovens. Em 2010, ocorre mudança, e os grupos de 15 a 19 anos e de 20 a 24 anos, que concentravam 18,8% e 29,3% da fecundidade total em 2000, respectivamente, passaram a concentrar 17,7% e 27% em 2010. Para os grupos de idade acima de 30 anos, observa-se aumento de participação, de 27,6% em 2000 para 31,3% em 2010.

Proporcionalmente, Rio Grande da Serra é a cidade que mais ganhou habitantes em dez anos, com aumento de 17,3%, passando de 36.352 para 43.974 moradores. Em segundo lugar está Mauá, com crescimento de 12,9% da população. Santo André é o município que menos cresceu em termos de habitantes: 4%.

O Censo também indicou que os moradores da região estão concentrados, em sua maioria, na faixa entre 25 a 59 anos. Entre as cidades, São Caetano é a que possui a mais alta taxa de idosos (60 anos ou mais), com 19,1%. Rio Grande da Serra tem a maior fatia de jovens entre os municípios, com 18,5% de residentes entre 15 e 24 anos.

MAIS MULHERES

O Grande ABC é território prioritariamente feminino, de acordo com o levantamento do IBGE. Em todos os municípios, a taxa de mulheres é superior à de homens. Em São Caetano, elas são 53,9% da população. O índice mais equilibrado da região é de Rio Grande da Serra, onde 50,4% dos habitantes são do sexo feminino.

Região contabiliza 66 mil analfabetos

O Grande ABC ainda possui 66.072 analfabetos, segundo o Censo 2010 do IBGE, o que corresponde a 0,38% da população da região. No entanto, o número é pequeno se comparado com o índice nacional, que é de 9,8%.

Entre os municípios, São Caetano tem o melhor desempenho, com taxa de 1,6% de analfabetos, ou 1.955 pessoas. Rio Grande da Serra tem o pior resultado na região, com 5,4% dos habitantes que não sabem ler ou escrever.

AÇÕES

De acordo com a Prefeitura de São Caetano, o índice é resultado de diversas ações e projetos na área da Educação, como os programas Aprender São Caetano, que insere novas tecnologias no contexto pedagógico das escolas da cidade; o Graduar, que oferece bolsas de estudo para o Ensino Superior; o Ensino Fundamental de nove anos, implementado em 2006; as duas professoras por sala de aula no 1º ano do Ensino Fundamental; a municipalização de escolas estaduais e a parceria com a Unesco para a capacitação de educadores.

São Caetano também possui rede complementar de Educação, com oferta de cursos gratuitos de línguas estrangeiras (Inglês, Espanhol, Italiano, Alemão e Francês), informática e artes. A administração oferece ainda auxílio de até R$ 100 mensais para famílias de baixa renda com filhos em idade escolar, no Programa Mais Renda para o Estudo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

População do Grande ABC cresce 7,8% em 10 anos

Número de habitantes passou de 2.350.065 para 2.551.328

Angela Martins
Do Diário do Grande ABC

17/11/2011 | 07:00


O Grande ABC possui 2.551.328 habitantes, de acordo com dados divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O número indica aumento de 7,8% em relação ao Censo de 2000, quando as sete cidades da região possuíam 2.350.065 moradores. Apesar do crescimento, o ritmo está mais lento nesta década. Entre 1991 e 2000, a população cresceu 12,8%.

Segundo o estudo do IBGE, o declínio no crescimento da população não é privilégio apenas do Grande ABC. O número médio de filhos nascidos vivos por mulher ao fim de seu período fértil, no Brasil, foi de 1,86 filho em 2010, bem inferior ao do Censo 2000, de 2,38. A diminuição dos níveis de fecundidade ocorreu em todas as grandes regiões brasileiras. O padrão de fecundidade das mulheres também sofreu alterações entre 2000 e 2010.

A tendência observada até então era de rejuvenescimento, isso é, maior concentração dos níveis de fecundidade nas idades mais jovens. Em 2010, ocorre mudança, e os grupos de 15 a 19 anos e de 20 a 24 anos, que concentravam 18,8% e 29,3% da fecundidade total em 2000, respectivamente, passaram a concentrar 17,7% e 27% em 2010. Para os grupos de idade acima de 30 anos, observa-se aumento de participação, de 27,6% em 2000 para 31,3% em 2010.

Proporcionalmente, Rio Grande da Serra é a cidade que mais ganhou habitantes em dez anos, com aumento de 17,3%, passando de 36.352 para 43.974 moradores. Em segundo lugar está Mauá, com crescimento de 12,9% da população. Santo André é o município que menos cresceu em termos de habitantes: 4%.

O Censo também indicou que os moradores da região estão concentrados, em sua maioria, na faixa entre 25 a 59 anos. Entre as cidades, São Caetano é a que possui a mais alta taxa de idosos (60 anos ou mais), com 19,1%. Rio Grande da Serra tem a maior fatia de jovens entre os municípios, com 18,5% de residentes entre 15 e 24 anos.

MAIS MULHERES

O Grande ABC é território prioritariamente feminino, de acordo com o levantamento do IBGE. Em todos os municípios, a taxa de mulheres é superior à de homens. Em São Caetano, elas são 53,9% da população. O índice mais equilibrado da região é de Rio Grande da Serra, onde 50,4% dos habitantes são do sexo feminino.

Região contabiliza 66 mil analfabetos

O Grande ABC ainda possui 66.072 analfabetos, segundo o Censo 2010 do IBGE, o que corresponde a 0,38% da população da região. No entanto, o número é pequeno se comparado com o índice nacional, que é de 9,8%.

Entre os municípios, São Caetano tem o melhor desempenho, com taxa de 1,6% de analfabetos, ou 1.955 pessoas. Rio Grande da Serra tem o pior resultado na região, com 5,4% dos habitantes que não sabem ler ou escrever.

AÇÕES

De acordo com a Prefeitura de São Caetano, o índice é resultado de diversas ações e projetos na área da Educação, como os programas Aprender São Caetano, que insere novas tecnologias no contexto pedagógico das escolas da cidade; o Graduar, que oferece bolsas de estudo para o Ensino Superior; o Ensino Fundamental de nove anos, implementado em 2006; as duas professoras por sala de aula no 1º ano do Ensino Fundamental; a municipalização de escolas estaduais e a parceria com a Unesco para a capacitação de educadores.

São Caetano também possui rede complementar de Educação, com oferta de cursos gratuitos de línguas estrangeiras (Inglês, Espanhol, Italiano, Alemão e Francês), informática e artes. A administração oferece ainda auxílio de até R$ 100 mensais para famílias de baixa renda com filhos em idade escolar, no Programa Mais Renda para o Estudo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;