Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Pit bulls que mataram menino são doados para família em Sto.André


Roberta Nomura
Especial para o Diário

19/01/2006 | 08:21


Após permanecer pouco mais de uma semana na Divisão de Controle de Zoonoses de Mauá, o casal de pit bulls que matou Kaique Ferreira dos Santos, 8 anos, tem novo lar em Santo André. Depois de análise de comportamento, foi constatado que os animais não apresentam características relacionadas à agressividade e, por isso, Mike e Puppy foram devolvidos aos ex-proprietários. Como os cães estavam sendo ameaçados por vizinhos no Jardim Zaíra, os antigos donos decidiram doá-los para uma família conhecida que morasse fora de Mauá.

No último dia 3, Kaique foi atacado ao tentar pegar uma pipa que caiu dentro da casa onde os cães estavam. Depois do incidente, os ex-donos decidiram levar os pit bulls ao canil municipal por questões de segurança, onde eles permaneceram até o dia 12. Mesmo se os animais não tivessem sido resgatados, a hipótese de eutanásia estava descartada já que cerca de 20 pessoas procuraram informações sobre os cães, das quais cinco demonstraram interesse na adoção. Também cinco ONGs (Organizações Não-Governamentais) quiseram obter a guarda dos pit bulls.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pit bulls que mataram menino são doados para família em Sto.André

Roberta Nomura
Especial para o Diário

19/01/2006 | 08:21


Após permanecer pouco mais de uma semana na Divisão de Controle de Zoonoses de Mauá, o casal de pit bulls que matou Kaique Ferreira dos Santos, 8 anos, tem novo lar em Santo André. Depois de análise de comportamento, foi constatado que os animais não apresentam características relacionadas à agressividade e, por isso, Mike e Puppy foram devolvidos aos ex-proprietários. Como os cães estavam sendo ameaçados por vizinhos no Jardim Zaíra, os antigos donos decidiram doá-los para uma família conhecida que morasse fora de Mauá.

No último dia 3, Kaique foi atacado ao tentar pegar uma pipa que caiu dentro da casa onde os cães estavam. Depois do incidente, os ex-donos decidiram levar os pit bulls ao canil municipal por questões de segurança, onde eles permaneceram até o dia 12. Mesmo se os animais não tivessem sido resgatados, a hipótese de eutanásia estava descartada já que cerca de 20 pessoas procuraram informações sobre os cães, das quais cinco demonstraram interesse na adoção. Também cinco ONGs (Organizações Não-Governamentais) quiseram obter a guarda dos pit bulls.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;