Fechar
Publicidade

Sábado, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Grupo de Santo André se apresenta em São Paulo


Roseane Castilho
Especial para o Diário

07/03/2009 | 07:00


O Grupo de Teatro do Oprimido Revolução Teatral, de Santo André, está em cartaz hoje, às 21h, e amanhã, às 19h, no espaço Contraponto (Rua Medeiros de Albuquerque, 55. Tel: 2894-6181), em São Paulo. Os ingressos custam entre R$ 6 e R$ 12.

O grupo apresentará a montagem Onde Foi que Eu Errei? e mais outro espetáculo. Hoje, a segunda apresentação é de Relatos de Origem e amanhã é a vez de Maria da Represa.

Onde Foi que Eu Errei? trata do conflito enfrentado por jovens ao assumir a homossexualidade para seus pais. A peça, montada a partir de relatos de membros do grupo, se desenrola por meio do teatro-dança, sem texto. O dinheiro arrecadado será utilizado para a viagem do grupo ao Rio de Janeiro, onde se encontrarão com Augusto Boal, criador do Teatro do Oprimido.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grupo de Santo André se apresenta em São Paulo

Roseane Castilho
Especial para o Diário

07/03/2009 | 07:00


O Grupo de Teatro do Oprimido Revolução Teatral, de Santo André, está em cartaz hoje, às 21h, e amanhã, às 19h, no espaço Contraponto (Rua Medeiros de Albuquerque, 55. Tel: 2894-6181), em São Paulo. Os ingressos custam entre R$ 6 e R$ 12.

O grupo apresentará a montagem Onde Foi que Eu Errei? e mais outro espetáculo. Hoje, a segunda apresentação é de Relatos de Origem e amanhã é a vez de Maria da Represa.

Onde Foi que Eu Errei? trata do conflito enfrentado por jovens ao assumir a homossexualidade para seus pais. A peça, montada a partir de relatos de membros do grupo, se desenrola por meio do teatro-dança, sem texto. O dinheiro arrecadado será utilizado para a viagem do grupo ao Rio de Janeiro, onde se encontrarão com Augusto Boal, criador do Teatro do Oprimido.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;