Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA querem retirar qualquer menção à mudança climática em Kobe


Da AFP

19/01/2005 | 13:37


Os Estados Unidos querem retirar qualquer referência à mudança climática na reunião da Conferência Mundial sobre a Prevenção de Catástrofes, que está sendo realizada em Kobe (Japão), admitiu esta quarta-feira Mark Lagon, um dos chefes da delegação americana.

A delegação dos EUA é contra a colocação de várias referências à mudança climática na redação dos textos finais, explicou Langon, diretor do escritório da organização de assuntos internacionais do departamento de Estado. O motivo é que a mudança climática é uma polêmica "muito conhecida e que pode ser evitada aqui". "Nosso desejo é que isso não nos distraia do processo em curso", acrescentou.

Os Estados Unidos são um dos países que se negaram a assinar o protocolo de Kioto, que pretende reduzir a emissão de gases de efeito estufa. A conferência da ONU (Organizações das Nações Unidas) reúne cerca de quatro mil especialistas e dirigentes de mais de 150 países de Kobe. Prevista há algum tempo, essa reunião adquiriu uma nova dimensão por causa do maremoto que varreu o litoral do Oceano Índico em dezembro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA querem retirar qualquer menção à mudança climática em Kobe

Da AFP

19/01/2005 | 13:37


Os Estados Unidos querem retirar qualquer referência à mudança climática na reunião da Conferência Mundial sobre a Prevenção de Catástrofes, que está sendo realizada em Kobe (Japão), admitiu esta quarta-feira Mark Lagon, um dos chefes da delegação americana.

A delegação dos EUA é contra a colocação de várias referências à mudança climática na redação dos textos finais, explicou Langon, diretor do escritório da organização de assuntos internacionais do departamento de Estado. O motivo é que a mudança climática é uma polêmica "muito conhecida e que pode ser evitada aqui". "Nosso desejo é que isso não nos distraia do processo em curso", acrescentou.

Os Estados Unidos são um dos países que se negaram a assinar o protocolo de Kioto, que pretende reduzir a emissão de gases de efeito estufa. A conferência da ONU (Organizações das Nações Unidas) reúne cerca de quatro mil especialistas e dirigentes de mais de 150 países de Kobe. Prevista há algum tempo, essa reunião adquiriu uma nova dimensão por causa do maremoto que varreu o litoral do Oceano Índico em dezembro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;