Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pesquisa: 61% dos britânicos querem soldados fora do Iraque


Da AFP

01/09/2003 | 08:16


Um total de 61% dos britânicos querem a retirada de seus soldados do Iraque, enquanto 29% deles exigem uma saída "o quanto antes", revela uma pesquisa do instituto ICM publicada ,esta segunda-feira pelo tablóide The Mirror.

A consulta foi feita pouco depois de o premiê britânico, Tony Blair, comparecer diante do juiz Brian Hutton, responsável pela investigação do aparente suicídio de David Kelly, especialista em armas químicas e biológicas. Segundo 21% dos entrevistados, Blair é o principal responsável por esta morte, muito mais do que o próprio Kelly (15%).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pesquisa: 61% dos britânicos querem soldados fora do Iraque

Da AFP

01/09/2003 | 08:16


Um total de 61% dos britânicos querem a retirada de seus soldados do Iraque, enquanto 29% deles exigem uma saída "o quanto antes", revela uma pesquisa do instituto ICM publicada ,esta segunda-feira pelo tablóide The Mirror.

A consulta foi feita pouco depois de o premiê britânico, Tony Blair, comparecer diante do juiz Brian Hutton, responsável pela investigação do aparente suicídio de David Kelly, especialista em armas químicas e biológicas. Segundo 21% dos entrevistados, Blair é o principal responsável por esta morte, muito mais do que o próprio Kelly (15%).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;