Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 3 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ministro afirma que não há australianos desaparecidos no Iraque


Da AFP

13/09/2004 | 21:33


O ministro australiano das Relações Exteriores, Alexander Downer, afirmou nesta terça-feira que não há informações sobre cidadãos da Austrália desaparecidos no Iraque, após um grupo islâmico radical comunicar o seqüestro de dois australianos.

"Até o momento, não temos qualquer informação sobre cidadãos australianos desaparecidos ou seqüestrados no Iraque. De qualquer modo, devemos ter prudência em nossas declarações, porque podem surgir novos elementos durante o dia", declarou Downer.

O ministro informou que a embaixada australiana em Bagdá, capital iraquiana, entrou em contato com os 88 civis australianos no Iraque que figuram em seus registros. "Também contatamos quatro companhias que empregam australianos e todas nos responderam positivamente", declarou Downer à TV.

Mais cedo, uma organização islamita havia afirmado que seqüestrou dois australianos e duas pessoas provenientes do leste da Ásia em um carro que circulava pela estrada que liga Bagdá a Mossul.

O anúncio, divulgado por meio de um comunicado colado nos muros da cidade de Samarra, ao norte de Bagdá, dizia: "uma de nossas valorosas brigadas executou um ataque contra veículos civis pertencentes ao Exército americano na estrada entre Bagdá e Mossul", que fica 370 km ao norte da capital.

No texto, com data de 13 de setembro e cuja autenticidade não foi comprovada, o grupo afirma que seu nome é "Brigada do Horror", vinculada ao "Exército Secreto Islâmico".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ministro afirma que não há australianos desaparecidos no Iraque

Da AFP

13/09/2004 | 21:33


O ministro australiano das Relações Exteriores, Alexander Downer, afirmou nesta terça-feira que não há informações sobre cidadãos da Austrália desaparecidos no Iraque, após um grupo islâmico radical comunicar o seqüestro de dois australianos.

"Até o momento, não temos qualquer informação sobre cidadãos australianos desaparecidos ou seqüestrados no Iraque. De qualquer modo, devemos ter prudência em nossas declarações, porque podem surgir novos elementos durante o dia", declarou Downer.

O ministro informou que a embaixada australiana em Bagdá, capital iraquiana, entrou em contato com os 88 civis australianos no Iraque que figuram em seus registros. "Também contatamos quatro companhias que empregam australianos e todas nos responderam positivamente", declarou Downer à TV.

Mais cedo, uma organização islamita havia afirmado que seqüestrou dois australianos e duas pessoas provenientes do leste da Ásia em um carro que circulava pela estrada que liga Bagdá a Mossul.

O anúncio, divulgado por meio de um comunicado colado nos muros da cidade de Samarra, ao norte de Bagdá, dizia: "uma de nossas valorosas brigadas executou um ataque contra veículos civis pertencentes ao Exército americano na estrada entre Bagdá e Mossul", que fica 370 km ao norte da capital.

No texto, com data de 13 de setembro e cuja autenticidade não foi comprovada, o grupo afirma que seu nome é "Brigada do Horror", vinculada ao "Exército Secreto Islâmico".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;