Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Moradora de rua agredida em São Paulo recebe alta


Do Diário OnLine
Com Agências

25/08/2004 | 12:18


Uma moradora de rua, identificada como Maria de Lourdes, recebeu alta na terça-feira à tarde do Hospital do Servidor Público. Ela é uma das 11 pessoas levadas a esse hospital, atacadas entre a madruga da quinta-feira e domingo no centro de São Paulo.

Maria de Lourdes está sob cuidados do Projeto Acolher da prefeitura municipal, que possui uma unidade específica para sem-tetos que, atendidos em hospitais, precisam de local para recuperação ainda com acompanhamento médico.

Outros quatro ainda permanecem internados no Servidor, segundo a Agência Brasil. Severino Jerônimo de Oliveira saiu da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na terça e está na enfermaria. Três permanecem na UTI: Vanderlei Moreira Alves e outro paciente (não identificado) têm quadro clínico gravíssimo e respiram com auxílio de aparelhos. O paciente identificado como Ângelo Roberto apresenta “discreta melhora” e respira sem a ajuda de aparelhos.

Os dois moradores de rua internados no Hospital Ermelino Matarazzo apresentam “quadro estável”. Os identificados como Messias Rodrigues Moreira e José Manoel da Cruz estão na enfermaria. Os dois internados na UTI Santa Casa de Misericórdia continuam em estado grave: Daniel Gomes de Souza e outro sem identificação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradora de rua agredida em São Paulo recebe alta

Do Diário OnLine
Com Agências

25/08/2004 | 12:18


Uma moradora de rua, identificada como Maria de Lourdes, recebeu alta na terça-feira à tarde do Hospital do Servidor Público. Ela é uma das 11 pessoas levadas a esse hospital, atacadas entre a madruga da quinta-feira e domingo no centro de São Paulo.

Maria de Lourdes está sob cuidados do Projeto Acolher da prefeitura municipal, que possui uma unidade específica para sem-tetos que, atendidos em hospitais, precisam de local para recuperação ainda com acompanhamento médico.

Outros quatro ainda permanecem internados no Servidor, segundo a Agência Brasil. Severino Jerônimo de Oliveira saiu da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na terça e está na enfermaria. Três permanecem na UTI: Vanderlei Moreira Alves e outro paciente (não identificado) têm quadro clínico gravíssimo e respiram com auxílio de aparelhos. O paciente identificado como Ângelo Roberto apresenta “discreta melhora” e respira sem a ajuda de aparelhos.

Os dois moradores de rua internados no Hospital Ermelino Matarazzo apresentam “quadro estável”. Os identificados como Messias Rodrigues Moreira e José Manoel da Cruz estão na enfermaria. Os dois internados na UTI Santa Casa de Misericórdia continuam em estado grave: Daniel Gomes de Souza e outro sem identificação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;