Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'The Blair Witch Project' aterroriza a Internet


RAQUEL ALVES
Do Diário OnLine

16/08/1999 | 17:02


A bruxa está (literalmente) solta em Hollywood. Grandes estúdios que investiram pesado em superproduçoes foram preteridos por uma fita de nada mais que US$ 60 mil. O segredo de The Blair Witch Project parece simples: apostar em uma história cheia de mistérios e uma estratégia de marketing inédita e infalível.

O pseudodocumentário que já levou milhares de pessoas ao cinema, mas ainda nao chegou ao Brasil, conta a história de três estudantes de cinema que decidiram adentrar uma floresta com câmeras nas maos para procurar a tal bruxa de Blair. Eles desaparecem, mas suas obras sao recuperadas tempo depois. E sao essas fitas que se reúnem, dando origem ao filme.

Além de uma história convincente, os criadores do projeto - produtores da Haxan Films, ainda apostaram numa forma inusitada de marketing: espalharam pela Internet, bem antes do lançamento da fita, a história da bruxa de Blair, principalmente no site oficial. Lá, há até uma cronologia das barbaridades cometidas pela velhinha, além de fotos dos três cinegrafistas "desaparecidos" e uma lojinha virtual com vários produtos.

Rapidamente, surgiu uma legiao de norte-americanos que acreditam na lenda e temem a bruxa de Blair, uma pequena cidade a 200 km de Washington DC. A maioria internautas, esses fas criaram até mesmo um webring que reúne vários sites.

Os produtos da marca, também, tornaram-se disputadíssimos. Tanto que o Yahoo! mantém um leilao de algumas das bugigangas.

Apesar das críticas que possa receber por se tratar de um filme alternativo, The Blair Witch Project é a antítese do cinema hollywoodiano: trocou um bom orçamento por uma boa idéia, e, ao que tudo indica, se deu muito bem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'The Blair Witch Project' aterroriza a Internet

RAQUEL ALVES
Do Diário OnLine

16/08/1999 | 17:02


A bruxa está (literalmente) solta em Hollywood. Grandes estúdios que investiram pesado em superproduçoes foram preteridos por uma fita de nada mais que US$ 60 mil. O segredo de The Blair Witch Project parece simples: apostar em uma história cheia de mistérios e uma estratégia de marketing inédita e infalível.

O pseudodocumentário que já levou milhares de pessoas ao cinema, mas ainda nao chegou ao Brasil, conta a história de três estudantes de cinema que decidiram adentrar uma floresta com câmeras nas maos para procurar a tal bruxa de Blair. Eles desaparecem, mas suas obras sao recuperadas tempo depois. E sao essas fitas que se reúnem, dando origem ao filme.

Além de uma história convincente, os criadores do projeto - produtores da Haxan Films, ainda apostaram numa forma inusitada de marketing: espalharam pela Internet, bem antes do lançamento da fita, a história da bruxa de Blair, principalmente no site oficial. Lá, há até uma cronologia das barbaridades cometidas pela velhinha, além de fotos dos três cinegrafistas "desaparecidos" e uma lojinha virtual com vários produtos.

Rapidamente, surgiu uma legiao de norte-americanos que acreditam na lenda e temem a bruxa de Blair, uma pequena cidade a 200 km de Washington DC. A maioria internautas, esses fas criaram até mesmo um webring que reúne vários sites.

Os produtos da marca, também, tornaram-se disputadíssimos. Tanto que o Yahoo! mantém um leilao de algumas das bugigangas.

Apesar das críticas que possa receber por se tratar de um filme alternativo, The Blair Witch Project é a antítese do cinema hollywoodiano: trocou um bom orçamento por uma boa idéia, e, ao que tudo indica, se deu muito bem.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;