Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Argentina vai subsidiar compras de montadoras



06/07/2005 | 00:08


A Adefa, associação das montadoras argentinas, anunciou que o governo do país vai passar a subsidiar a compra de autopeças produzidas por companhias locais. O diretor-executivo da Adefa, Fernando Rodriguez Canedo, disse a jornalistas que o presidente Néstor Kirchner e o ministro da Economia, Roberto Lavagna, teriam uma reunião ainda na noite desta terça-feira com representantes da indústria automobilística para discutir detalhes.

Segundo Canedo, no primeiro ano o programa de subsídios vai cobrir 8% dos custos de compra de autopeças pelas montadoras. O subsídio será reduzido a 7% no segundo ano e a 6% no terceiro ano.

O diretor da Adefa acrescentou que o governo e as montadoras estão elaborando uma série de medidas para ajudar a indústria a cumprir seu objetivo de produzir 500 mil veículos “tão cedo quanto possível”. A produção projetada para este ano é de 290 mil a 300 mil unidades.            



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Argentina vai subsidiar compras de montadoras


06/07/2005 | 00:08


A Adefa, associação das montadoras argentinas, anunciou que o governo do país vai passar a subsidiar a compra de autopeças produzidas por companhias locais. O diretor-executivo da Adefa, Fernando Rodriguez Canedo, disse a jornalistas que o presidente Néstor Kirchner e o ministro da Economia, Roberto Lavagna, teriam uma reunião ainda na noite desta terça-feira com representantes da indústria automobilística para discutir detalhes.

Segundo Canedo, no primeiro ano o programa de subsídios vai cobrir 8% dos custos de compra de autopeças pelas montadoras. O subsídio será reduzido a 7% no segundo ano e a 6% no terceiro ano.

O diretor da Adefa acrescentou que o governo e as montadoras estão elaborando uma série de medidas para ajudar a indústria a cumprir seu objetivo de produzir 500 mil veículos “tão cedo quanto possível”. A produção projetada para este ano é de 290 mil a 300 mil unidades.            

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;