Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Vendas da PSA Peugeot Citroën crescem 8,9%



13/07/2010 | 07:06


A PSA Peugeot Citroën vendeu no mercado brasileiro 76,5 mil veículos no primeiro semestre deste ano, informou ontem a companhia. O número estabelece um novo recorde de vendas da multinacional francesa no Brasil, com o melhor resultado desde que instalou fábrica em Resende (RJ).

Segundo a empresa, as vendas entre janeiro e junho tiveram alta de 8,9% em relação ao mesmo período de 2009 e um desempenho melhor do que a média do mercado brasileiro, que cresceu 7,2%.

O resultado é parecido com o que a empresa havia registrado no primeiro semestre de 2008, antes da crise mundial, quando tinha vendido 75,7 mil carros de passeio e veículos comerciais com as marcas Peugeot e Citroën.

A crise levou a empresa a reduzir a produção e demitir funcionários, mas o terceiro turno cortado foi retomado este ano e 700 vagas foram abertas.

"O desempenho no Brasil nos primeiros seis meses deste ano contribuiu para que a PSA Peugeot Citroën também registrasse o seu recorde de vendas mundiais no período, com um total de 1.856.000 unidades comercializadas", informou a montadora.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vendas da PSA Peugeot Citroën crescem 8,9%


13/07/2010 | 07:06


A PSA Peugeot Citroën vendeu no mercado brasileiro 76,5 mil veículos no primeiro semestre deste ano, informou ontem a companhia. O número estabelece um novo recorde de vendas da multinacional francesa no Brasil, com o melhor resultado desde que instalou fábrica em Resende (RJ).

Segundo a empresa, as vendas entre janeiro e junho tiveram alta de 8,9% em relação ao mesmo período de 2009 e um desempenho melhor do que a média do mercado brasileiro, que cresceu 7,2%.

O resultado é parecido com o que a empresa havia registrado no primeiro semestre de 2008, antes da crise mundial, quando tinha vendido 75,7 mil carros de passeio e veículos comerciais com as marcas Peugeot e Citroën.

A crise levou a empresa a reduzir a produção e demitir funcionários, mas o terceiro turno cortado foi retomado este ano e 700 vagas foram abertas.

"O desempenho no Brasil nos primeiros seis meses deste ano contribuiu para que a PSA Peugeot Citroën também registrasse o seu recorde de vendas mundiais no período, com um total de 1.856.000 unidades comercializadas", informou a montadora.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;